Mídias Sociais

Destaque

Agressor tenta se matar depois de “pregar” ex companheira em Cabo Frio

Avatar

Publicado

em

 

Horas antes de tentar suicídio com a pistola de prego, agressor tentou reatar relacionamento

 

 

Hércules José Rocha (48 anos) foi preso horas depois de tentar matar a ex companheira com uma pistola de pregar gesso. Ele tentou suicidou usando a mesma arma só que dessa vez, em lugar de pregos, utilizou uma bala de calibre 32.

Os policiais fizeram buscas e conseguiram localizar o suspeito, que segundo a polícia, tentou tirar a própria vida mas sem sucesso. Identificado como Hércules José Rocha (48 anos), foi localizado próximo de uma obra nas imediações do antigo ao Hotel Acapulco, no bairro Algodoal . Ele foi avistado nas dunas onde utilizou a pistola contra sua cabeça . Ele foi socorrido por uma ambulância e levado para uma unidade médica, onde permanece acautelado por uma equipe da PM

De acordo com a delegada da Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher (DEAM), dra. Juliana Rattes, que comandou as investigações, um Policial Civil e um Policial Militar foram até o Hospital Santa Izabel, onde a mulher estava internada aguardando uma cirurgia, colher o depoimento sobre a tentativa de homicídio. Ela informou aos agentes o endereço da obra onde o homem trabalhava.

Ao perceber a chegada dos policiais na obra, o homem tentou se matar com a mesma pistola que tentou matar a ex-companheira, porém utilizando uma munição calibre 32. O Corpo de Bombeiros foi até o local e socorreu Hermógenes, que ficou com a bala alojada no crânio. Ele está internado no Hospital Central de Emergência (HCE), e vai passar por uma cirurgia.

A delegada Juliana Rattes esteve pessoalmente no HCE e deu voz de prisão ao acusado, que será encaminhado ao sistema prisional assim que tiver alta. Rattes informou ainda que o acusado encontrou com a ex-companheira pela manhã pedindo ajuda para preparar um orçamento. Ao tentar ajudá-lo, ele sacou a arma e atirou contra a vítima. O casal estava separado há três e conta contra ele uma ocorrência de ameaça em 2013. Na ocasião, eles chegaram a se separar, mas reataram em seguida, voltando a romper a relação em 2016.

Tânia Garabini


 

Mais lidas do mês