Mídias Sociais

Destaque

Agência do Banco do Brasil do Centro de Macaé é interditada após furto de cerca de R$150 mil

Publicado

em

 

Bandidos arrobaram o cofre central e mais dois auxiliares.  Por conta da ação criminosa, clientes devem se dirigir até a agência do Cavaleiros.

A agência do Banco do Brasil do Centro de Macaé foi arrombada e furtada na madrugada desta segunda-feira (7). Segundo a Polícia Militar (PM), uma viatura foi acionada para ir até a agência, localizada na Avenida Rui Barbosa, onde o vigilante ao chegar para abrir a agência pela manhã e observou a fechadura trocada.

Após a PM vistoriar a agência junto ao gerente da unidade, foi constatado que o cofre central e mais dois auxiliares arrombados.  Do local foram levados aproximadamente R$ 150 mil, seis revólveres dos vigilantes que estavam em um dos cofres, além de quatro equipamentos de monitoramento do banco.  A polícia efetuou buscas pela região, mas ninguém foi preso. A Polícia Civil esteve na agência furtada, que também passou por perícia.

A agência foi fechada por conta da ação criminosa e a orientação é para que os clientes do banco se dirijam até a agência do Banco do Brasil, localizada na Avenida Nossa Senhora da Glória, no Cavaleiros.

Segundo informações, o sistema da agência do Centro foi prejudicado no arrombamento e por esta razão não há como realizar atendimentos.  Clientes que se deslocarem ara a agência dos Cavaleiros, devem ter paciência, pois há longas filas no local. A ocorrência foi registrada na 123ª Delegacia Policial de Macaé (123ª DP). A agência do Banco do Brasil do Centro fica a menos de 500 metros da delegacia.

Outros furtos às agências do BB

 

Em maio do ano passado, a Polícia Civil registrou um furto a um dos oito caixas eletrônicos da agência do Banco do Brasil do Cavaleiros, em Macaé. De acordo com o delegado da 123ª Delegacia Policial de Macaé (123ª DP), Filipi Poeys, a sala de operações do 32º Batalhão de Polícia Militar (32º BPM), enviou uma determinação para que os agentes da delegacia constatassem a violação de um dos terminais da agência.

Apenas 100 metros separam agência do Banco do Brasil da cabine da Polícia Militar, nos Cavaleiros. Por conta do furto, a agência ficou pouco mais de três meses interditada, causando transtornos aos usuários.

Já em Carapebus, no Norte Fluminense, a única agência do Banco do Brasil existente no município, foi furtada em julho do ano passado. Da agência, situada na Avenida Getúlio Vargas, no Centro, bandidos levaram cerca de R$ 700 mil.

Quase dez meses após o ocorrido, a polícia ainda não identificou os autores da ação criminosa. Por conta da ação criminosa, a agência chegou a ficar sete meses interditada para todos os tipos de serviços. Durante esse período, clientes e usuários passaram a se deslocar para as cidades de Quissamã e Macaé para receber seus salários e efetuar o pagamento de suas dívidas.

Mais lidas da semana