Mídias Sociais

Destaque

Acusados de matar jovem no Peró, em Cabo Frio, são presos em operação da Civil

Bertha Muniz

Publicado

em

 

Operação "O Quinto Elemento" foi deflagrada nesta sexta (4). Outros apontados como autores do crime de latrocínio tentado contra o turista petropolitano em agosto também são alvos da ação

Uma operação da Polícia Civil realizada na manhã desta sexta-feira (4) prendeu dois apontados de matar um rapaz na Praia do Peró, em Cabo Frio, em julho deste ano. O acusados foram identificados como Guilherme Mercês da Silva e Derick Gomes de Moura, o "Hulk".

Denominada "O Quinto Mandamento", a operação coordenada pela delegada titular da 126ª DP, Camila Pegorim, em conjunto com equipes da 119ª DP, 129ª DP e DEAM, foi deflagrada para cumprir seis mandados de prisão e outros seis de busca e apreensão contra criminosos apontados como autores de crimes de homicídio e latrocínio em Cabo Frio, "tendo como alvos criminosos oriundos da comunidade do Jacaré, dominada pela organização criminosa Terceiro Comando Puro (TCP).

Conforme a Civil, as investigações concluíram que além de Guilherme e Hulk, outros autores do crime de homicídio praticado em 23 de julho, que resultou na morte de Pedro Vinícius Bento Medeiros Machado, foram Yago Alvez Correa, "Grau"; João Vitor dos Santos Lopes, "Bebel"; Josimar de Oliveira Correa, "Zó"; Leandro do Espírito Santo Cordeiro, "Leco" e Gustavo Julio da Silva, "Gustavão".

Ainda de acordo com as investigações, Gustavão e Guilherme são também autores do crime de roubo seguido de morte de forma tentada, ou seja, latrocínio tentado, praticado contra o turista petropolitano Carlos Manoel da Paz Farroco, no último dia 23 de agosto.

Na operação desta sexta-feira (4), foram cumpridos ainda os mandados de prisão de "Babuíno", que já estava preso, e "Leco", que cumpria pena em regime semiaberto.

Segundo a polícia, "Gustavão" e "Zó" seguem foragidos e não foram localizados.

Os presos foram encaminhados para a 126ª DP e serão levados para uma unidade prisional na capital. Três motocicletas utilizadas no homicídio de Pedro Vinicius foram apreendidas.

Mais lidas da semana