Mídias Sociais

Geral

Conheça Felipe Vizeu, a jóia rubro negra que tem raízes em Cabo Frio

Avatar

Publicado

em

 

Felipe dos Reis Pereira Vizeu do Carmo, ou como é mais conhecido, Felipe Vizeu, é a nova jóia do time do Flamengo. O centroavante da equipe rubro negra, que se destacou na conquista da última Copa São Paulo de Juniores, tem brilhado com o time principal. Até o momento, já foram 19 jogos e 7 gols em 2016 pelo time adulto.

Natural de Três Rios, interior do Rio de Janeiro, o atleta de apenas 19 anos chegou ao Flamengo em 2013, mas antes passou sua infância em Cabo Frio. Desde que chegou ao clube da Gávea, conquistou um Campeonato Estadual, uma Taça Guanabara, uma Taça Rio e um Torneio Otávio Pinto Guimarães (OPG) pelo time sub-20, além da Copa São Paulo desse ano, sendo vice artilheiro com 7 gols e eleito o craque da competição.

O camisa 47 falou sobre o início da carreira. "Ainda com quatro anos acabei indo morar em uma cidade bem pequena, chamada Chiador, em Minas Gerais. Foi lá mesmo que comecei a treinar no campo e ao mesmo tempo no futsal. Depois de um tempo, acabei me mudando para Cabo Frio, na Região dos Lagos, e lá continuei dando sequência no futsal. Com o passar do tempo, resolvi parar com o salão para me dedicar no campo", lembrou.

Vizeu ainda revelou como foi parar nas categorias de base do Flamengo com apenas 16 anos, recém-completados na época: "Fui participar de um amistoso em Búzios, no Rio, ainda com 15 anos, e lá estava Luiz Carlos Marins, ex-jogador do América-MG, olheiro naquele dia. Me destaquei na partida e fui chamado para fazer uma avaliação. Passei, fiquei um tempo no América-MG e disputei um campeonato pelo sub-15 - foi quando acabei despertando interesse de outros clubes. E um deles era o Flamengo”.

Vizeu lembra com carinho do tempo em que morou em Cabo Frio pois foi aqui na Região dos Lagos que ele aperfeiçoou suas técnicas mo futsal, o que hoje em dia lhe dá grande vantagem em relação aos outros jogadores. Vizeu é um atacante grande e forte, mas ao mesmo tempo rápido e habilidoso, e isso, como ele mesmo diz, ele deve ao futsal desenvolvido em Cabo Frio.

Mas nem tudo são flores na carreira de Vizeu. Desde janeiro desse ano ele enfrenta uma batalha judicial envolvendo seu ex-clube, o América-MG e o Flamengo. O atacante foi jogador do Coelho nas categorias de base, antes de se transferir para o Flamengo em 2013, e tem uma ação judicial em andamento em Cabo Frio.

O clube mineiro alega que tem, por direito, uma indenização a receber do Flamengo por ter participado da formação profissional do atleta. Segundo o clube, os valores giram em torno de R$ 10 milhões. Neste processo, o atacante conseguiu uma liminar, garantindo a ele acertar com outro clube por alegar falta de condições de trabalho como justificativa por sua saída de Belo Horizonte.

 

Mateus Marinho

Mais lidas da semana