Mídias Sociais

Esporte

Veja o que disse Abel Braga após vitória sobre a LDU na Libertadores

Sérgio Barcellos

Publicado

em

 

A excelente vitória conquistada por 3 a 1 sobre a LDU na noite da última quarta-feira (13) deixou o Flamengo em situação bastante confortável na Copa Libertadores da América. Com duas vitórias em dois jogos, o Rubro-Negro lidera com folga o Grupo D. Para muitos, essa foi a melhor atuação da equipe até aqui na temporada.

Satisfeito com a atuação da equipe, o técnico Abel Braga afirmou que o placar poderia ter sido mais elástico. “Não foram só os gols, foi uma luta incessante para ter o gol. Saíram os três gols, mas podia ter saído outros três. Eles compraram a ideia. Aí, sobressai o coletivo, e claro que assim alguns jogadores crescem”, afirmou o treinador.

Um dos principais destaques do Flamengo na partida foi Everton Ribeiro que marcou o primeiro gol, abrindo caminho para a vitória do Rubro-Negro. Embora tenha elogiado a atuação coletiva do time, o técnico Abel Braga fez questão de elogiar a atuação do jogador na coletiva de imprensa.

“Tem que dar moral a ele (Éverton Ribeiro). Seria injusto se não desse, mas outros também merecem. O mantive na partida por justiça, pelo que fez lá em Oruro. Tem uma jogada clara e forte com ele, Arão e Pará”, disse Abel.

Também na coletiva, o treinador falou um pouco sobre a formação ofensiva da equipe, com bastante liberdade entre os jogadores de frente. “Eles (atacantes) têm essa liberdade. Em alguns momentos, o Ribeiro vai sair do lado direito e ir por dentro. O Diego vai para direita. Todos eles têm um lado de preferência. É óbvio. Esse aqui (Ribeiro) foi bicampeão brasileiro jogando onde joga hoje. O Diego está chegando bem na área, o Ribeiro está pisando na área, fez gol. Eles todos têm liberdade”, explicou o treinador.

“A única obrigação é pressionar quando perdem a bola. E na recomposição eu não tenho preocupação de que quem estiver pelo meio vai fechar o setor, quem estiver na direita...Mas temos que nos mexer para jogar. Contra o Flamengo, a marcação sempre vai vir muito forte”, complementou Abel.

Foto: Alexandre Vidal

 

 

 

 


 

Mais lidas do mês