Mídias Sociais

Esporte

Vasco se aproxima de acordo com medalhão

Sérgio Barcellos

Publicado

em

 

O Vasco vive a expectativa nos bastidores de fechar com um reforço de peso para a temporada. E esse nome seria na verdade um velho conhecido da torcida. Trata-se do zagueiro Dedé, que já vestiu a camisa do Cruz-Maltino e inclusive foi ídolo pelo clube. O jogador tem seus direitos econômicos ligados ao Cruzeiro.

Segundo informações, o Vasco se aproximou de um acerto com o jogador. Fontes próximas ao atleta garantem que se depender da vontade dele, o defensor voltará a vestir a camisa do Cruz-Maltino agora em 2020. Embora as partes estejam perto de um acordo, o clube carioca precisa ainda da parte principal, que é conseguir a liberação do Cruzeiro.

O Cruzeiro passa por uma delicada crise financeira e por isso vê com bons olhos uma possível saída de Dedé. A Raposa quer reduzir sua folha de pagamento e o jogador tem um dos maiores salários do elenco. Mesmo diante disso, a negociação não é simples. O Vasco tenta a liberação por empréstimo. O principal entrave é que o Cruz-Maltino quer pagar apenas a metade dos vencimentos de Dedé. A contrapartida é que o Cruzeiro não concordou, a princípio, com os termos apresentados.

O time mineiro já admite a possibilidade de uma rescisão contratual com Dedé, o que, em tese, facilitaria as coisas para o Vasco. O problema é que o Cruz-Maltino não gostaria de pagar um salário acima dos 350 mil reais mensais, que hoje é o teto salarial do clube. A equipe carioca vem priorizando neste momento o pagamento dos atrasados de atletas e funcionários, o que diminui seu poder de barganha. Internamente, a direção também está focada na tentativa de manter o colombiano Fredy Guarín.

Foto: Rafael Ribeiro

Mais lidas da semana