Mídias Sociais

Esporte

Vasco fecha ano com superávit e com boas expectativas para a próxima temporada

Sérgio Barcellos

Publicado

em

 

Após uma campanha abaixo das expectativas no Campeonato Brasileiro, o Vasco fechou o ano projetando um 2020 muito melhor. E o positivismo passa diretamente pelo sócio-torcedor. Nos últimos meses de 2019 o clube viu o número de sócios subir para além do imaginado, muito por conta da promoção da black friday, criada pela diretoria cruz-maltina.

O crescimento exponencial do número sócios fez o Vasco se tornar o time com mais sócios-torcedores do país. E isso, claro, irá gerar impactos (positivos) na economia do clube. O superávit do clube dobrou em relação ao ano passado. Antes era de R$ 72 milhões, e agora é de R$ 154 milhões. No próximo dia 26 de dezembro o Conselho Deliberativo do Vasco votará se aprova ou não a proposta orçamento de 2020.

Com mais dinheiro circulando, o clube vive a expectativa de se fortalecer novamente, dando mais um passo para voltar a brigar em igualdade de condições de seus principais rivais. Aproveitando essa renda "extra", um dos principais objetivos para o próximo ano será a obra de construção do novo CT, que prevê R$ 18,9 milhões em doações, sendo o custo final estimado em R$ 22 mi.

Mesmo com o surpreendente crescimento no número de sócios e com o superávit, a diretoria não descarta a possibilidade de buscar um novo empréstimo. Estima-se que o valor seria de R$ 42 milhões e que ele seria utilizado com a finalidade de manter as contas em dia no clube.

Foto: Rafael Ribeiro

Mais lidas da semana