Mídias Sociais

Esporte

Vasco está muito próximo de definir substituto de Jorginho

Sérgio Barcellos

Publicado

em

 

O mistério sobre o nome do novo treinador do Vasco está muito perto de chegar ao fim. Ao que tudo indica o escolhido da diretoria para a vaga deixada por Jorginho será Alberto Valentim. Ex-Botafogo, Valentim tem um acerto encaminhado com o Cruz-Maltino e deve chegar ao Brasil até o fim da semana para assinar contrato e selar o acordo entre as partes.

Mesmo diante da pressão da torcida pela efetivação de Valdir Bigode, a diretoria do Vasco queria um treinador mais experiente, capaz de suportar as pressões que o time enfrentará até o fim da temporada. Os dirigentes enxergam Valentim com esse perfil, capaz de liderar o Cruz-Maltino no Brasileiro, onde a equipe luta contra o rebaixamento.

Valentim é tido como um treinador estudioso e vem de bons trabalhos em seus últimos clubes. Tirando a curtíssima experiência no futebol do Egito, onde comandou o Pyramids por apenas três jogos, o técnico foi campeão carioca com o Botafogo no primeiro semestre deste ano. Aliás, desde a sua saída, o Alvinegro busca se reerguer e ainda não encontrou um substituto ideal. Por lá passou Marcos Paquetá e agora Zé Ricardo, que busca se firmar no cargo.

Valentim comandou o Palmeiras no ano passado. Mesmo não sendo unanimidade, ele conseguiu engatar uma boa sequência após a saída de Cuca e fez o Verdão disputar o título do Campeonato Brasileiro que já parecia ganho pelo Corinthians. O Timão de fato foi o campeão, mas o Palmeiras chegou a assustar e terminou como vice do torneio.

Outro nome estudado pela diretoria do Vasco era Roger Machado, que acabou demitido do Palmeiras há menos de um mês. O que acabou dificultando a contratação é que Roger não gosta de assumir um trabalho no meio da temporada. Ele sempre opta por fechar com um clube no início do ano.

Enquanto Valentim não assume, quem vai comandando o time de forma interina é Valdir Bigode. O ex-jogador é ídolo da torcida já comandou o Vasco em duas partidas até aqui. Em ambas acabou empatando por 1 a 1, contra Cruzeiro e Ceará, respectivamente. Ele irá comandar o time em mais uma oportunidade nesta quinta-feira, quando o Cruz-Maltino encara o Atlético (MG), no Independência, em Belo Horizonte.

Foto: Paulo Fernandes


 

Mais lidas do mês