Mídias Sociais

Esporte

Vasco é pressionado a responder oferta do Atlético-MG por Marrony

Sérgio Barcellos

Publicado

em

 

Em meio a pandemia, o Vasco vê crescer o assédio sobre seus principais destaques. A bola da vez no clube é Marrony. O Atlético-MG já enviou uma proposta oficial pelo jogador e agora está pressionando o Cruz-Maltino por uma resposta. Os mineiros deram um prazo até o início da próxima semana para a diretoria carioca se posicionar a respeito da oferta.

Segundo informações, o Atlético-MG ofereceu cerca de 3,5 milhões de euros (R$ 20 milhões) por 70% dos direitos econômicos de Marrony. O Volta Redonda é dono dos outros 30% do passe do jogador. A fatia do Voltaço foi adquirida graças a participação de empresários e investidores.

As conversas entre Atlético-MG e Vasco estão sendo conduzidas por Alexandre Mattos e André Mazzuco, diretores de ambos os clubes. Internamente, a proposta apresentada pelo Galo não é considerada muito alta pelo Vasco. Só que o Cruz-Maltino vive um delicadíssimo momento financeiro, o que pode acabar o inclinando a aceitar a oferta para fazer caixa e assim regularizar boa parte de suas finanças.

Marrony foi um pedido do técnico Jorge Sampaoli. Se a negociação se concretizar a joia vascaína deverá receber um contrato mais vantajoso em Belo Horizonte. Além disso, o Galo aposta no pagamento em dia para seduzir o jogador. Em São Januário, o atleta vem sofrendo com os atrasos no pagamento, assim como o restante do elenco.

Com 84 jogos como vascaíno e 11 gols marcados, Marrony viveu seu auge na Colina em 2019, com Vanderlei Luxemburgo. Seu contrato é válido até dezembro de 2023.

Foto: Rafael Ribeiro

Mais lidas da semana