Mídias Sociais

Esporte

Valentim não resiste a derrota no clássico e é demitido do Botafogo

Sérgio Barcellos

Publicado

em

 

O departamento de futebol do Botafogo sofreu uma grande reviravolta de um dia para o outro. No domingo, o Alvinegro foi atropelado pelo Fluminense. A derrota por 3 a 0 no clássico, conquistada ainda no primeiro tempo, custou o cargo do técnico Alberto Valentim. O treinador já vinha pressionado por conta das más atuações do time, e acabou sendo demitido após o revés diante do Tricolor.

Antes da rodada ter início, o Botafogo vivia a expectativa de brigar por uma vaga na semifinal da Taça Guanabara. Com a vitória do Flamengo no sábado, o Alvinegro já entrou em campo no domingo desclassificado. O fato pode ter contribuído de forma direta para mais uma atuação sofrível na temporada, mas não serve como justificativa. O time foi amplamente dominado e viu o rival definir a partida ainda na primeira etapa.

A facilidade com que o Fluminense conquistou o resultado assusta. A má atuação deixou a torcida ainda mais indignada e os dirigentes do clube não ficaram para trás. A insatisfação com o futebol apresentado já vinha desde o empate com o Caxias, no Rio Grande do Sul, pela Copa do Brasil. Na ocasião, o time quase acabou eliminado do torneio ainda na primeira fase para um time da Série D do Brasileiro.

A falta de perspectivas e de evolução do time fez a diretoria se mexer nos bastidores. A demissão de Valentim foi confirmada horas depois da partida. O anúncio veio antes mesmo de clube e treinador chegarem a um acordo sobre a rescisão contratual, que gira na casa de um milhão de reais.

Agora sem Valentim, a diretoria vai ao mercado em busca de um substituto. Os dirigentes não se pronunciaram oficialmente sobre interessados, mas alguns nomes já começam a ser especulados. Um deles é o de Jair Ventura, treinador que fez um bom trabalho com o time nas temporadas de 2016 e 2017.

Foto: Vitor Silva

Mais lidas da semana