Mídias Sociais

Esporte

Treinador ganha força em chapas que concorrem eleição no Flamengo e não é Dorival Junior

Sérgio Barcellos

Publicado

em

 

Abel Braga é um nome que ganhou força nos últimos dias no Flamengo. O treinador está na pauta das duas chapas que vão concorrer ao cargo de presidente do clube, no pleito que será disputado no próximo dia 8 de dezembro. Tanto Ricardo Lomba quando Rodolfo Landim teriam gostam do trabalho do treinador, que poderia assumir o clube já no início de 2019.

Apesar da boa campanha até aqui no Brasileiro, a chance de permanência do Dorival Junior no Flamengo em 2019 é considerada pequena. Ambas as diretorias gostariam de um nome mais rodado, um medalhão, capaz de controlar o ambiente do clube e conduzir o time a títulos de expressão.

Embora ainda não esteja definida, a continuidade de Dorival Junior está praticamente condicionada ao título do Campeonato Brasileiro. Mesmo no caso de levantar o Brasileirão, o treinador ainda assim não estaria garantido no cargo em 2019, já que ambas as chapas gostariam de aproveitar a oportunidade de mercado.

Abel Braga segue foi um desejo da atual administração do Flamengo. Ele chegou a ser consultado pelo Rubro-Negro neste ano após deixar o Fluminense. Na ocasião, Abelão não só recusou a oferta como entrou em contato com o então treinador, Maurício Barbieri para prestar apoio. Um dos motivos apontados por Abel para não aceitar o convite é que ele não gostaria de assumir um time na reta final da temporada.

Como Abel gosta de montar seus próprios times, o Flamengo acredita que poderia convencê-lo a aceitar a oferta no início do ano. Apesar das chances maiores de acerto, ainda não se sabe se o treinador de fato assumiria o Rubro-Negro, dada a sua grande identificação com o Fluminense, rival do Fla.

Outro treinador que certamente receberia sondagens do Flamengo caso a permanência de Dorival Junior não seja confirmada é Renato Gaúcho. O Rubro-Negro também já flertou com o treinador na atual temporada, mas na ocasião, Renato optou por seguir no Tricolor Gaúcho.

Foto; Gilvan de Souza


 

Mais lidas do mês