Mídias Sociais

Esporte

Técnico mexicano é um dos cotados para assumir o Flamengo

Sérgio Barcellos

Publicado

em

 

O Flamengo está a procura de um novo treinador. Desde a confirmação da saída de Jorge Jesus, diversos nomes são especulados no clube. Um deles é o do mexicano Javier Aguirre. Aos 61 anos, ele soma bastante experiência no currículo, algo que é bem visto pela diretoria do Rubro-Negro. Seu último trabalho foi no Leganés, da Espanha.

Javier Aguirre comandou o Leganés no último domingo, no empate por 2 a 2 com o Real Madrid. O resultado acabou rebaixando a equipe para a Série B do Campeonato Espanhol. O interesse do Flamengo foi publicado pelo diário Marca, da Espanha, que aponta a experiência do mexicano como um dos atrativos para o clube carioca.

Javier Aguirre deu início a sua carreira como treinador em 1996 no futebol mexicano. Na Espanha, ele já comandou equipes como Osasuna, Atlético de Madrid, Real Saragoza e Espanyol, em um período de 2002 a 2012. No currículo, ele soma ainda passagens pelas seleções do México, Japão e Egito, além de já ter comandado o Al Wahda, do Emirados Árabes. Em seu último trabalho, deixou o Leganés na 18ª posição da Série A do Campeonato Espanhol.

A diretoria do Flamengo tem o costume de não comentar publicamente as negociações do clube. Exatamente por isso, os dirigentes não vão falar sobre o interesse em Javier ou qualquer outro treinador. Enquanto não define o novo técnico, o clube se reapresenta nesta quarta-feira (22) no Ninho do Urubu. A princípio, o time será comandado por Maurício Souza, técnico responsável pelo Sub-20 Rubro-Negro.

Diretoria bate o pé por Bruno Henrique

O técnico Jorge Jesus não é o único alvo do Benfica. O clube português também está de olho em outros destaques do Flamengo. Um deles é o atacante Bruno Henrique. O jogador seria um pedido pessoal de Jesus. Só que a diretoria do Rubro-Negro não pretende facilitar a saída de uma de suas principais peças do elenco. A intenção dos dirigentes é não abrir mão do jogador. Dessa forma, o Benfica se veria obrigado a ter que pagar a multa rescisória para ficar com o atleta. Ela está avaliada em 30 milhões de euros (cerca de R$ 184 milhões).

Foto: Alexandre Vidal

Mais lidas da semana