Mídias Sociais

Esporte

Técnico Léo Costa faz balança da temporada até aqui e projeta evolução na reta final

Avatar

Publicado

em

 

O início irregular no NBB e a sequência de derrotas deixaram o torcedor do Macaé Basquete receosos para a sequência da temporada. No entanto, o time vem mostrando evolução nos últimos jogos. Prova disso foi a excelente vitória sobre o Basquete Cearense na última rodada. Um resultado que recolocou o time na briga por uma vaga nos playoffs. Aproveitando o recesso do NBB por conta das festas de final de ano, a reportagem procurou o técnico Léo Costa para fazer um balanço da participação da equipe na competição até aqui.

Logo de cara, o Macaé encarou uma sequência indigesta. Na estreia pegou o Bauru, vice-campeão da última temporada. Para piorar, o jogo foi fora de casa. O próximo confronto foi diante do Franca, uma das principais escolas de basquete do país, também fora de casa. Duas derrotas consideradas normais, mas que certamente jogaram muita pressão sobre o elenco.

“Tivemos um início delicado por conta das derrotas. É até um processo natural, já que passamos por grande reformulação. Tivemos que trocar um americano que não se adaptou (o clube contratou Lewis, que não ficou e foi substituído por Simmons), mas vejo o time em um processo de evolução. Nossa última vitória mostrou a cara desse time e nos deixou otimistas. Estamos em uma crescente e esperamos continuar assim para buscar as vitórias e a vaga nos playoffs”, analisou o técnico Léo Costa.

A falta de entrosamento é um dos fatores determinantes para explicar a campanha até aqui de oito derrotas e apenas duas vitórias em dez jogos. Reforçar o elenco no decorrer da competição e as lesões também pesaram nos resultados.

“É natural que o time leve um pouco mais de tempo para adquirir o entrosamento em virtude da grande reformulação que passamos. Acredito que se os jogadores que chegaram depois estivessem com a gente desde o Campeonato Estadual o resultado hoje seria diferente. Infelizmente por questões de documentação e outros problemas eles só foram inscritos no decorrer do NBB e isso nos atrapalhou um pouco. Mas temos que deixar esses problemas de lado e seguir trabalhando”, afirmou Léo.

Os números em si apontam uma campanha fraca, mas a verdade é que o Macaé esteve muito perto de conquistar vitórias importantes em diversos momentos. A equipe por muito pouco não bateu o Pinheiros e o Vitória no Juquinha, chegando a ficar a frente do placar durante grande parte do jogo. Essas vitórias hoje colocariam o time nos playoffs. Isso sem falar na excelente partida contra o Flamengo, onde esteve brigando pelo resultado até o último quarto.

“Apesar dos resultados negativos, conseguimos boas atuações contra times fortes. A nossa última vitória mesmo mostrou isso. O Basquete Cearense havia acabado de impor a única derrota do Flamengo no NBB e nós vencemos eles. Isso nos faz acreditar que estamos em uma crescente e podemos chegar aos playoffs”, encerrou Léo Costa.

Sérgio Barcellos

Foto: João Barreto 

Mais lidas da semana