Mídias Sociais

Esporte

Situação de Diego Alves no Flamengo segue indefinida após reunião

Sérgio Barcellos

Publicado

em

 

O futuro de Diego Alves no Flamengo segue completamente indefinido. Embora tenha se reapresentado junto com os jogadores na última terça-feira (23) ele não treinou com os demais companheiros. Uma série de reuniões foram realizadas, entre o empresário do goleiro e a diretoria do clube, na tentativa de chegar a um consenso sobre qual punição será aplicada ao atleta.

Tudo começou quando no último final de semana Diego Alves se recusou a embarcar com a delegação para o duelo com o Paraná após saber que ficaria como opção no banco de reservas. A recusa foi vista como indisciplina pelos dirigentes, que estudam qual punição aplicar ao jogador.

Segundo informações, Diego Alves teria se apresentado antes dos demais jogadores e feito um trabalho a parte no campo. Ele também não teria participado das reuniões, sendo representado por seu empresário. A diretoria do Flamengo esperava um pedido de desculpas ao elenco por parte do jogador, algo que acabou não acontecendo. Ao que tudo indica, o goleiro segue irredutível e batendo na tecla de que teria sido injustiçado.

A forma como o caso foi conduzido também não agradou Diego Alves, principalmente pelo vazamento da história na imprensa. O goleiro se sentiu exposto diante da situação, o que acabou deixando o clima entre as partes ainda mais pesado. Alguns veículos de imprensa chegaram a noticiar que Diego teria o contrato rescindido com o Rubro-Negro caso não pedisse desculpas ao elenco. Até o presente momento, o Flamengo não tomou nenhuma atitude nesse sentido.

Mesmo com a crise não contornada, a diretoria do Flamengo afirma que Diego Alves seguirá treinando normalmente, ficando a disposição do técnico Dorival Junior. Há na imprensa quem acredita que ele dificilmente voltará a vestir a camisa do Rubro-Negro na temporada após o episódio.

Foto: Gilvan de Souza


 

Mais lidas do mês