Mídias Sociais

Esporte

Sequência considerada complicada pode mudar rumos do Vasco nas próximas semanas

Sérgio Barcellos

Publicado

em

 

O Vasco começou bem o Campeonato Brasileiro, dando a entender que poderia brigar por objetivos maiores na competição. No início do trabalho, o time comandado por Ramon chegou a liderar o Brasileirão. O treinador teve então seu trabalho bastante elogiado e a torcida se empolgou. Só que algumas rodadas depois, a equipe caiu bastante de produção. Ramon deixou de ser unanimidade e passou então a conviver com críticas.

A torcida do Vasco passou a criticar Ramon de forma mais contundente após a goleada sofrida na última rodada diante do Atlético-MG. A partida era cercada de muita expectativa, por se tratar de duas equipes que estavam brigando na parte de cima da tabela. O treinador teve uma semana inteira para treinar a equipe. Mas com a bola rolando, a estratégia montada não deu certo e o time acabou virando uma presa fácil diante do Galo.

A pressão sobre Ramon cresceu consideravelmente após a goleada. E ela pode piorar nas próximas semanas. O Vasco tem uma sequência dura pela frente, que começa pelo Bahia, nesta quarta-feira (07), em Pituaçu. Depois, o Cruz-Maltino ainda terá pela frente o clássico com o Flamengo no sábado (10), em São Januário. No fim de semana seguinte o adversário será o Internacional, no Beira-Rio. O Colorado é outro time que vem brigando pelas primeiras posições na tabela de classificação.

Cabe lembrar ainda que o Vasco tem um jogo a menos em relação aos rivais. Só que também é preciso frisar que o jogo não é fácil, já que a partida adiada foi contra o Palmeiras, em São Paulo. Caso não consiga bons resultados nesta sequência, a pressão sobre Ramon certamente aumentará, o que pode acabar ocasionando na interrupção do trabalho. Internamente, o treinador segue tendo total apoio da diretoria, mas uma série de derrotas pode fazer com que os dirigentes mudem de opinião.

Diante do Bahia nesta quarta, o Vasco não poderá contar com o volante Andrey e o meia Benítez, ambos suspensos. Bruno Gomes e Marcos Júnior devem jogar.

Foto: Rafael Ribeiro

 

Mais lidas da semana