Mídias Sociais

Esporte

Saída de jogadores pode gerar uma economia de R$ 900 mil a folha salarial do Vasco

Sérgio Barcellos

Publicado

em

 

O Vasco está passando por um processo de reformulação após a chegada do técnico Jorginho. Nesta semana, o clube divulgou um balanço onde aponta que a saída de jogadores vai gerar uma economia de R$ 900 mil a folha salarial do clube. A economia é vista como positiva, já que o Cruz-Maltino atravessa um momento delicado no aspecto financeiro.

Recentemente, o Vasco perdeu o atacante Riascos, que rescindiu contrato com o clube para acertar sua transferência para o futebol chinês. Outro que deixou o clube foi Bruno Paulista, devolvido ao Sporting, de Portugal. Além dos dois, existe a possibilidade real do Cruz-Maltino perder Erazo e Wellington.

Erazo foi liberado pelo clube no último dia 25 para negociar sua transferência para o Barcelona de Guayaquil. Já Wellington viajou nesta semana para acertar com o Atlético-PR. Além do alívio na folha salarial, as saídas abrem espaço para a chegada de outros jogadores.

Um dos que podem chegar ao Vasco é o atacante Maxi López. O argentino revelado pelo River Plate está livre no mercado após ter seu contrato encerrado com o Atalanta da Itália, em junho deste ano. A diretoria do Cruz-Maltino pretende chegar a um acordo com o jogador até o início da próxima semana.

 


 

Mais lidas do mês