Mídias Sociais

Esporte

Saída de atacante escancara necessidade de reforços para o setor ofensivo do Botafogo

Sérgio Barcellos

Publicado

em

 

A saída de Kieza escancarou a necessidade do Botafogo por atacantes. Há poucos dias da estreia no Campeonato Brasileiro, a diretoria do Alvinegro corre ao mercado em busca de peças de reposição para o setor. Atualmente, o elenco conta apenas com duas opções para o setor: o titular Diego Souza e o jovem Igor Cássio.

A diretoria do Botafogo trata a contratação de um centroavante como prioridade. Os dirigentes entendem que ter apenas duas opções para o restante da temporada não é o ideal e por isso monitoram o mercado. Os nomes que estão na pauta do clube não foram divulgados para a imprensa para não atrapalhar as negociações.

Kieza foi emprestado para o Fortaleza até o fim do ano, que é quando termina o seu contrato com o Botafogo. Apesar do desfalque no setor ofensivo, a saída do jogador foi considerada positiva pela diretoria, principalmente na parte financeira. O jogador vinha sendo perseguido pela torcida nos jogos e também não vinha rendendo o esperado pela comissão técnica.

O Botafogo ainda irá arcar com uma parte dos direitos de imagem do jogador. O valor a ser pago é muito menor do que uma eventural rescisão de contrato nesse momento. Além de Kieza, outro que deixou o Alvinegro recentemente foi o atacante Aguirre, que acertou sua transferência para a LDU, do Equador.

O Botafogo não entra em campo desde o dia 11 de maio, quando foi eliminado da Copa do Brasil. O Alvinegro volta a jogar agora no próximo sábado, quando irá encarar o São Paulo na estreia do Campeonato Brasileiro.

Foto: Vitor Silva

Mais lidas da semana