Mídias Sociais

Esporte

Rogério Ceni valoriza empate e fala sobre sistema defensiva do Fla

Sérgio Barcellos

Publicado

em

 

O Flamengo arrancou um empate por 1 a 1 com o Racing, da Argentina, pelas oitavas de final da Libertadores. O gol marcado fora de casa dá a vantagem do Rubro-Negro poder empatar na volta, marcada para a próxima terça-feira (1º), no Maracanã. Os cariocas tiveram bons momentos na partida, mas na reta final cederam a pressão do rival, muito também por conta da expulsão de Thuler.

Após a partida, o técnico Rogério Ceni falou sobre a atuação da equipe e pressão sofrida na reta final do jogo.

"O Flamengo joga sempre com a postura de tentar pressionar, atacar. Nem sempre é possível o tempo todo, o campo com muita chuva, pesado. Jogamos no sábado, estamos jogando 72 horas depois com viagem. A sequência é grande. O adversário é um grande time da Argentina, é uma Libertadores, Flamengo, Racing, é natural que eles tenham bons momentos no jogo. O Flamengo não vai dominar todos os jogos", afirmou o treinador.

Novamente o zaga foi alvo de críticas e questionamentos após a partida. O treinador também saiu em defesa de seus comandados, vendo como natural os problemas do setor em virtude da montagem do elenco.

"Logicamente, quando você tem jogadores tão talentosos na frente, é natural que encontre as falhas no setor defensivo. Todo mundo espera que o Flamengo faça gols, ataque. Eu acho que é o conjunto, é o sistema. Temos que ter tempo para treinar. Estou aqui há duas semanas, estou no quinto jogo. Vamos tentar melhorar o time nesta semana, inclusive o sistema defensivo", disse Rogério.

Por fim, o treinador falou sobre a possibilidade de poder contar com Rodrigo Caio e Pedro para o jogo da volta na próxima terça-feira. "É uma pergunta mais para o departamento médico, mas teremos uma avaliação melhor a partir de quinta-feira, quando retornarmos aos treinos", encerrou o comandante do Fla.

Foto: Alexandre Vidal

Mais lidas da semana