Mídias Sociais

Esporte

Representante de Pikachu fala sobre possibilidade do jogador deixar o Vasco

Sérgio Barcellos

Publicado

em

 

Yago Pikachu é tido como um dos destaques do Vasco. Exatamente por isso, ele chama a atenção de outros clubes interessados em seu futebol. Em contato com o jornal Extra, o pai e representante do jogador, Carlos Lisboa, falou sobre a possibilidade do atleta deixar São Januário em um futuro próximo.

Lisboa admitiu que recebeu sondagens de outros clubes. Alguns deles até sugeriram que Pikachu entrasse na Justiça para pedir a rescisão de contrato por conta dos atrasos salariais. Ao que tudo indica, isso não passa pela cabeça do jogador e de seu representante no momento. "Vieram falar para aproveitarmos os quase seis meses de salários atrasados. Mas nunca foi a nossa ideia deixar o Vasco pela porta dos fundos. Jogar fora a história construída", afirmou o pai do atleta.

Apesar de negar entrar na Justiça e sair pela porta dos fundos, Lisboa vê com bons olhos a possibilidade do filho buscar novos ares na carreira. "Yago tem mais um ano e meio de contrato e quem sabe ele não mostre o potencial dele e desperte o interesse do exterior ou de outro clube da Série A. Ele está no quinto ano de Vasco e talvez seja a hora de procurar novos ares. Existem sondagens, mas nenhuma proposta. É importante que surja algo bom para todos, clube e jogador", explicou o representante de Pikachu.

Desde 2018 Pikachu é o jogador que mais esteve em campo pelo Vasco. Ele já vestiu a camisa do clube em 88% dos jogos disputados de lá para cá, o que mostra o tamanho de sua regularidade e o porque de ser uma das referências do time. Contra o Sport, existem boas chances de que ele esteja em campo mais uma vez, agora como ponta, já que dificilmente Vinícius conseguirá se recuperar de um problema muscular a tempo. Se isso acontecer, Cláudio Winck deverá ficar com a vaga na lateral.

Foto: Rafael Ribeiro

Mais lidas da semana