Mídias Sociais

Esporte

Projeto Basquete na Praça volta com tudo na próxima segunda-feira, dia 05

Publicado

em

 

Embora não esteja mais na disputa do NBB, a Associação Macaé de Basquete (AMB) segue em plena atividade. Na próxima segunda-feira, dia 05, ela estará promovendo o retorno do projeto Basquete na Praça, que oferece aulas gratuitas da modalidade para crianças e adolescentes de 8 a 16 anos.

O Basquete na Praça existe há três anos e está indo para o seu quarto ano. “A gente vê o projeto como fundamental e de suma importância para a cidade. Desde o ano passado ele tem parceria com a Secretaria de Esportes. O objetivo é massificar a modalidade e dar uma oportunidade gratuita para que crianças e adolescentes possam praticar a modalidade”, destacou Léo Costa, técnico do Macaé Basquete.

Ainda de acordo com o treinador, o Basquete na Praça auxilia também na descoberta de novos talentos. “Temos hoje jogadores conosco que vieram do projeto. O Matheuzinho é um dos exemplos. Ele recentemente foi integrado ao elenco profissional e disputou a última temporada do NBB. Isso estimula os jovens a enxergar uma oportunidade de ingressar na equipe e participar das competições de base e até mesmo chegar ao time principal”, explicou Léo Costa.

O projeto Basquete na Praça abrange uma série de bairros em Macaé. De acordo com a programação oficial divulgada na página oficial da AMB, ele irá atingir seis polos da cidade. Na Praça Washington Luiz, as aulas acontecem todas as quartas e sextas-feiras, das 9h às 11h e também das 14h30 às 16h30. Já no Visconde, elas serão ministradas também toda 4ª e 6ª, só que das 14h às 17h.

Na Lagomar as aulas vão acontecer também toda 4ª e 6ª, das 9h às 11h e no período da tarde das 14h às 17h. No Aeroporto as aulas serão toda terça e quinta, das 9h às 11h e das 15h às 17h. No Frade as aulas serão nas segundas, terças e quintas, das 8h15 às 11h30 e das 14h15 às 17h30. O Jardim Santo Antônio também vai receber o projeto, mas a programação de lá ainda está sendo avaliada. Para se inscrever, basta se dirigir a um dos polos que lá os profissionais darão todo o suporte e tirarão todas as dúvidas.

“De acordo com um levantamento feito pela Liga Nacional de Basquete, nós somos a única equipe a manter um projeto desse porte em atividade e em funcionamento atualmente. Isso é motivo de muito orgulho. Além do Basquete na Praça temos também o Macaé Basquete Sobre Rodas, com o time de cadeirantes. São projetos que já estão no nosso DNA de trabalho e que visam deixar um grande legado para a cidade”, encerrou Léo Costa.

Sérgio Barcellos

Foto: divulgação Macaé Basquete

Mais lidas da semana