Mídias Sociais

Esporte

Presidente do Vasco faz apelo aos torcedores durante crise

Sérgio Barcellos

Publicado

em

 

O Vasco fechou 2019 quebrando recordes com o sócio-torcedor, tendo inclusive alcançado o maior número de associações entre os clubes do Brasil. Só que neste ano o clube vive o contrário, com o número de sócios caindo drasticamente. Nesta semana, a diretoria do Cruz-Maltino veio a público informar a perda de 6,751 mil sócios nos primeiros meses de 2020.

Diante da onda de cancelamentos do sócio-torcedor, o presidente Alexandre Campello chegou a fazer um apelo aos torcedores. O mandatário teme perder uma receita importante do clube, principalmente em um momento delicado onde o Vasco já não conta com a receita de bilheteria por conta da pandemia do coronavírus.

"Nesse momento em que o clube ainda é mais atingido (por conta da pandemia do novo coronavírus), gostaria primeiramente de agradecer à torcida por esse engajamento. Segundo: pedir que esse engajamento permaneça. Estamos nos aproximando de maio, um mês importante, quando se faz a renovação do sócio-torcedor. Conto com o apoio de vocês. O clube vai precisar muito dessa receita", disse Campello em entrevista ao VascoTV.

Vários fatores podem estar contribuindo para a queda de sócios. Como o Vasco não vem realizando partidas oficiais e diante do cenário de incerteza quanto ao futuro, muitos torcedores estão optando por cancelar o programa de sócio-torcedor para investir esse dinheiro em outra finalidade. Em contrapartida, o clube que já vivia uma delicada situação financeira vê o programa como uma fonte importante para gerar receita e por isso tenta encontrar soluções e alternativas para manter ativo o número de associados.

Foto: Rafael Ribeiro

Mais lidas da semana