Mídias Sociais

Esporte

Planejamento para a próxima temporada segue completamente estagnado no Macaé

Avatar

Publicado

em

 

O futuro do Macaé segue completamente indefinido. Um mês após fechar sua participação no Campeonato Brasileiro da Série C, o Alvianil Praiano vê seu planejamento para 2017 totalmente estagnado. Enquanto isso algumas peças vão deixando o clube. O primeiro a sair foi Milton Raphael, que voltou ao Botafogo após seu contrato de empréstimo com o Leão ter chegado ao fim. Já na semana passada foi a vez do volante Fabrício Baiano retornar ao Coritiba, clube que detém seus direitos econômicos.

As saídas de Fabrício Baiano e Milton Raphael eram até certo ponto esperadas. Isso porque os contratos de empréstimos de ambos se encerraram. Em entrevista ao Globoesporte.com, Fabrício Baiano falou sobre sua passagem no Macaé. “Sou muito grato ao clube por ter acreditado no meu trabalho e ter me dado a oportunidade de jogar. Graças a Deus pude fazer um bom ano, fui titular com todos os treinadores que passaram por aqui e fui elogiado pela diretoria e pelos torcedores. Agora é projetar o próximo ano”, afirmou o volante.

Fora os casos de Fabrício Baiano e Milton Raphael, não há qualquer definição sobre o elenco para 2017 até o momento. Nesta semana, surgiu a informação de que o técnico Josué Teixeira pode ser mais um a deixar o Macaé. Isso porque o treinador teria em mãos uma proposta do Altos, do Piauí e também uma sondagem do Pará (SC). Como ainda não foi procurado pela direção do Macaé, o treinador poderia acetar com qualquer um dos dois clubes.

Em contato com a reportagem, fontes próximas ao Macaé confirmaram que o planejamento para 2017 está estagnado. “Ainda não temos nada. Hoje não teria como nem te dizer quem fica ou quem deve sair do clube. Acredito que vamos começar algo mais concreto nas próximas semanas”, afirmou o assessor de imprensa do clube, Tiago Ferreira.

Um dos fatores que contribuíram para “travar” o planejamento do Macaé foi a eliminação precoce do Campeonato Brasileiro da Série C. Inicialmente, imaginava-se que o clube conseguiria a classificação para as quartas de final e disputasse o acesso. No entanto, o Alvianil Praiano não conseguiu repetir as boas atuações dos anos anteriores e lutou contra o rebaixamento até o fim da primeira fase. Como não disputou a Copa Rio, o Macaé viu sua temporada se encerrar no dia 18 de setembro, quando a equipe empatou em 1 a 1 com o Botafogo (SP) no Moacyrzão. Por enquanto, a única certeza é que o clube irá disputar o Carioca de 2017 e para se preparar para o torneio, ele deve se reapresentar no início de dezembro.

Sérgio Barcellos 

Foto: Tiago Ferreira 

Mais lidas do mês