Mídias Sociais

Esporte

Oswaldo de Oliveira é criticado pela torcida em mais uma derrota do Fluminense no Brasileiro

Sérgio Barcellos

Publicado

em

 

O Fluminense acabou derrotado diante de sua torcida no Maracanã na noite da última segunda-feira (2). De forma surpreendente, o Tricolor das Laranjeiras proporcionou ao lanterna Avaí a sua primeira vitória na competição. O resultado manteve a equipe carioca na zona de rebaixamento do Brasileiro. O Flu aparece na 18ª posição, com 12 pontos ganhos.

Com o resultado, o técnico Oswaldo de Oliveira foi hostilizado pela torcida. Apesar da pressão e dos gritos de "burro" vindo das arquibancadas, o treinador manteve a serenidade para analisar o atual momento da equipe.

"O momento de dificuldade tem sempre uma reação contrária da torcida. Nós precisamos é reverter esse quadro. O resultado muda tudo. A equipe jogou uma partida muito boa, criou muitas chances, mas infelizmente o resultado não veio. Prefiro até que a revolta venha contra mim e não contra os jogadores. Eles precisam ter paz para trabalhar, isso que é o mais importante. Minha situação eu resolvo. Vou continuar trabalhando com calma para dar condições ao time de reverter isso. Só tem uma coisa boa dessa situação: sair dela", explicou o treinador.

Um dos momentos que chamaram a atenção na partida foi a substituição de Ganso. Ao deixar o campo, o jogador não cumprimentou o treinador e passou com cara de poucos amigos. Oswaldo minimizou o episódio na coletiva de imprensa.

“Cada jogador tem uma característica, um comportamento. O Ganso é um jogador tímido, arredio. Compreendo, não tem nenhum problema. Já aconteceu no último jogo. Ele não tem obrigação de me cumprimentar. Ele tem que cumprir com as obrigações dele como atleta, e isso ele tem feito. No momento que achei que precisa tirá-lo do jogo eu tirei. Não tenho o menor problema quanto a isso “, encerrou Oswaldo.

Foto: Lucas Merçon

Mais lidas da semana