Mídias Sociais

Esporte

Os bastidores da negociação de Lucas Paquetá e o acerto com o Milan

Sérgio Barcellos

Publicado

em

 

O acerto de Lucas Paquetá com o Milan pegou muita gente de surpresa. Mas até o “sim” ao clube italiano muitas coisas aconteceram nos bastidores. O Flamengo chegou a recusar uma proposta do Barcelona, algo que muitos não sabiam. O Valência tinha uma vantagem e não a utilizou. E o PSG adotou um ritmo de espera por conta do fair play financeiro. As informações foram reveladas por Cahê Mota, setorista do Rubro-Negro e repórter do Globoesporte.com.

Antes de fechar a contratação de Diego Alves, o Flamengo chegou a um acordo com o Valência. Ao ceder o goleiro, o clube espanhol teria uma prioridade de empréstimo gratuito de um ano, com opção de compra ao do período e valores fixados em 12 milhões de euros, um valor bem abaixo do que Paquetá acabou vendido ao Milan. Isso aconteceu há menos de um ano e meio, quando o jogador ainda não tinha toda a visibilidade que tem hoje.

Após ser colocado na lista de suplentes da Copa do Mundo por Tite, Paquetá passou a ser alvo de grandes do futebol europeu. Um deles foi o Barcelona. Apostando na força de sua camisa, o clube catalão ofereceu uma oferta de 25 milhões de euros pelo jogador. Mesmo abaixo do valor da multa (50 milhões de euros) a aposta dos espanhóis era que o tamanho do clube fosse seduzir o jogador. Sendo assim, o Barça teve a proposta recusada, mas não teve pressa em fazer uma nova investida, esperando que o atleta manifestasse vontade de defender a equipe.

Nesse meio tempo surgiu o PSG, que avançou com a negociação. Os franceses apresentariam uma proposta semelhante a do Milan. Por medo do fair play financeiro, o Paris Saint-Germain segurou a investida, acreditando que a proximidade de Paquetá como Neymar seria suficiente para seduzir o jogador.

Diante da espera do PSG, o Milan viu uma excelente oportunidade de mercado e entrou com tudo na negociação. Pesou também na negociação o status oferecido ao jogador. No PSG Paquetá seria mais um jogador, tendo que buscar seu espaço. Já no Milan ele é considerado um reforço de peso, chega como uma estrela no elenco. A expectativa é que ele seja apresentado no clube italiano já em janeiro.

Foto: Gilvan de Souza


 

Mais lidas do mês