Mídias Sociais

Esporte

O bom filho a casa torna: Júlio César se emociona em sua reestreia pelo Flamengo

Sérgio Barcellos

Publicado

em

Já dizia o ditado: “o bom filho a casa torna”. E Júlio César está de volta a sua casa. Na noite da última quarta-feira, o goleiro fez a sua reestreia com a camisa do Flamengo, na vitória por 3 a 0 sobre o Boavista no Estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda. Foi pouco exigido, mas ainda assim saiu de campo como o principal protagonista da noite.

Júlio César fez um discurso emocionado aos companheiros antes de entrar em campo. Em suas palavras, demonstrou a felicidade por retornar ao clube que o projetou para o futebol, a gratidão. O goleiro recebeu a braçadeira de capitão do zagueiro Juan e foi ovacionado pela torcida.

“Dei uma palavrinha. Foi uma coisa de coração, de momento. Nunca escondi, ao longo da minha carreira, o quanto eu sou emotivo. Em alguns momentos fui até criticado por isso. Mas cada um tem seu jeito de ser. Foi algo bastante positivo. Acho que tocou o coração de cada um. Fui pego de surpresa pelo Juan, que disse que eu seria capitão. Ao longo da minha carreira, tinha sido campeão apenas uma vez. Fiquei feliz”, declarou Júlio César.

O zagueiro Juan também comentou a reestreia de Júlio César com a camisa do Flamengo. “O Júlio é um dos maiores goleiros da história do futebol brasileiro e mundial. E tem essa história no Flamengo. Ele jogou em altíssimo nível na Europa, tem três Copas, é uma referência para os mais jovens. É um prazer jogar junto e acompanha-lo nesses três meses. Ele ainda tem muita emoção em vestir a camisa do Flamengo. Fiz questão que ele fosse capitão. Hoje era o dia dele, estava emocionado. Ele pediu a palavra, é um cara que se emociona fácil. É legal ver um cara como ele se emocionar tanto antes de um jogo do Campeonato Carioca. É um cara multicampeão e deixa uma lição para todos que estão começando”, declarou Juan.

Diego também seguiu a mesma linha de Juan. “Foi extremamente prazeroso. Conversamos após o jogo. Foi a noite dele. Procurei externar toda a admiração que tenho por ele. Às vezes, no dia a dia, a gente esquece que estamos diante de um dos maiores jogadores da história do futebol brasileiro, de um dos maiores goleiros do mundo, campeão da Champions League. É uma referência para todos. Ele estava muito emocionado. Fez esse jogo o mais importante de sua vida”, afirmou Diego.

Existe a expectativa que Júlio César seja o titular na partida deste final de semana contra o Macaé. O técnico Carpegiani ainda não confirmou a escalação, mas tudo indica que mandará um time misto a campo.

Foto: Gilvan de Souza

Mais lidas do mês