Mídias Sociais

Esporte

Números esquentam semifinal da Sul-Americana entre Atlético-PR e Fluminense

Sérgio Barcellos

Publicado

em

 

Atlético-PR e Fluminense fazem nesta quarta-feira, às 21h45, na Arena da Baixada, o jogo de ida da semifinal da Copa Sul-Americana. A contar pelos números, a tendência é de um confronto franco e de extremo equilíbrio entre as equipes. Ambos os times chegam a semifinal como os donos das duas melhores campanhas do torneio, mas só um deles sairá vencedor do embate. O jogo de volta será disputado no dia 28 de novembro, no Rio de Janeiro.

As campanhas das equipes são quase idênticas, mas o Fluminense leva uma ligeira vantagem. Em oito partidas disputadas até aqui, o Tricolor das Laranjeiras soma seis vitórias, um empate e apenas uma derrota. Já o Atlético-PR tem o mesmo número de vitórias, seis, com nenhum empate e duas derrotas.

Outro fator que chama a atenção é o número de gols marcados. Aqui, o Furacão leva vantagem, tendo balançado as redes em 15 oportunidades, contra 12 do Fluminense. Em contrapartida, o Tricolor das Laranjeiras tem a defesa menos vazada do confronto, tendo sofrido apenas 3 gols, contra 5 do adversário. Será o encontro do melhor ataque contra a melhor defesa do torneio.

Curiosamente, os dois times também começaram a competição com um treinador, mas vão encerrar suas participações com outro técnico. O Fluminense arrancou na Sul-Americana sob o comando de Abel Braga e agora tem como técnico Marcelo Oliveira. Já o Atlético-PR começou com Fernando Diniz e agora é comandado por Tiago Nunes.

Outra curiosidade que chama a atenção no confronto é que ambos os times brigam pelo título inédito da Sul-Americana. O Fluminense chegou mais longe que o adversário, já foi finalista da competição em 2009, mas perdeu o título da competição para a LDU, do Equador. Já o Furacão chegou no máximo até a semifinal, em 2006, quando foi eliminado pelo Pachuca, do México.

Foto: Mailson Santana


 

Mais lidas do mês