Mídias Sociais

Esporte

Negociação emperra e Flamengo pode perder venda de jogador

Sérgio Barcellos

Publicado

em

 

O Flamengo chegou a acertar a venda do volante Willian Arão para o Olympiacos nesta semana. A transferência renderia aos cofres do Rubro-Negro cerca de R$ 10 milhões. Mas apesar do acerto entre as partes, a negociação corre o risco de não ser sacramentada. Com medo de não receber, Arão se recusou a fechar a transferências e agora cobra garantias na questão salarial para selar o acordo.

Casos recentes envolvendo o atraso de pagamentos para jogadores brasileiros deixaram Arão com um pé atrás na negociação. Um dos exemplos é o zagueiro Rodrigo Moledo. O atleta defendia o maior rival do Olympiacos, o Panathinaikos, e se transferiu para o Internacional (RS) por conta dos atrasos. O atacante Luciano, hoje no Fluminense, passou pela mesma situação.

Enquanto analisa a situação, Arão está buscando orientação jurídica para evitar riscos e prejuízos. Outro entrave é que o volante receberia menos na carteira de trabalho do que recebe atualmente no Flamengo. O restante do salário seria pago em comissões, algo que não agrada o jogador.

As conversas entre as partes seguem acontecendo e a tendência natural é que tenhamos uma definição sobre o caso nas próximas horas. Apesar de não ter sido relacionado para o duelo diante do Santos pelo Campeonato Brasileiro, Arão vem cumprindo com suas obrigações e treinando normalmente pelo Flamengo.

Se por um lado a situação de Arão segue indefinida, por outro, o Flamengo é só alegria. Segundo o jornalista Ancelmo Góis, do O Globo, o atacante Vitinho será oficialmente apresentado a torcida do Flamengo no próximo domingo, 29,no Maracanã, momentos antes da partida contra o Sport, pelo Campeonato Brasileiro. O atacante foi comprado junto ao CSKA, da Rússia, por cerca de R$ 44 milhões, se tornando a negociação mais cara da história do clube, ao lado de Vagner Love.

 

Mais lidas do mês