Mídias Sociais

Esporte

Moacyrzão recebe as finais do sub-11 e sub-13 do Campeonato Macaense neste sábado

Avatar

Publicado

em

 

O Estádio Cláudio Moacyr de Azevedo, o Moacyrzão, vai receber neste final de semana as finais do Campeonato Macaense, torneio promovido pela Liga Macaense de Desportos . Na ocasião, teremos as decisões das categorias sub-11 e sub-13 com duelos que prometem ser eletrizantes. Ambos os jogos trazem histórias marcantes e confrontos de grande rivalidade, o que torna as disputas ainda mais interessantes. Às 9 horas, o Carapebus encara o Grêmio Barroco. Já às 10 horas, Fluminense e Prata da casa medem forças no sub-13.

A decisão do sub-11 traz um confronto interessante. De um lado a tradicional equipe do Carapebus, que sempre chega muito forte na competição, com campanhas sólidas e times muito competitivos. Do outro lado temos o Grêmio Barroco, estreando na competição com uma campanha surpreendente e chegando à final com chances reais de título.

“O Grêmio Barroco foi uma grata surpresa. Está disputando pela primeira vez e já está em uma final. O time vem em uma crescente e por isso não podemos subestima-lo. Já o Carapebus tem bastante tradição e sempre se apresenta muito bem. Apesar do ligeiro favoritismo do Carapebus, não temos como apontar quem será campeão”, afirmou Wandersson Agostinho, presidente da Liga Macaense de Desportos.

Já a decisão do sub-13 promete ser eletrizante. Isso porque Fluminense e Prata da Casa decidiram o campeonato sub-11 do ano passado. Na final deste ano, os jogadores subiram de categoria, o que faz com que a final seja disputada praticamente pelos mesmos jogadores da decisão passada. Em 2016, o Fluminense entrou como favorito, mas acabou perdendo o título. A equipe agora terá a oportunidade da revanche e de dar o troco no rival.

“É um jogo de muita expectativa por ser uma revanche. Uma rivalidade grande, com uma disputa que promete ser muito acirrada. O Fluminense tem sido impecável em sua campanha até aqui, ganhando todos os jogos. O Flu só teve um empate na competição, que curiosamente foi contra o Prata da Casa. Mais uma final onde não podemos prever o que vai acontecer”, contou Wandersson.

Sérgio Barcellos

Foto: divulgação

Mais lidas da semana