Mídias Sociais

Esporte

Milan conta com dois trunfos para tentar tirar Paquetá do Flamengo

Sérgio Barcellos

Publicado

em

 

Tido como o principal destaque do Flamengo na temporada, Lucas Paquetá está na mira de grandes clubes da Europa. Além do interesse de PSG, Barcelona e Manchester City, outro forte concorrente parece querer entrar na briga pelo jogador: o Milan. De acordo com o jornal italiano Calvio Mercato, o clube tem inclusive um trunfo para tentar convencer o atleta a deixar à Gávea e seguir para Milão. Essa carta na manga seriam os brasileiros Kaká e Leonardo.

Segundo a publicação, a estratégia do Milan é que os dois ajudem a seduzir o jogador. Kaká teria como objetivo a convencer Paquetá de que o clube italiano é o melhor para ele seguir carreira na Europa. Kaká é um dos brasileiros de maior sucesso no futebol mundial, ídolo no Rubro-Negro da Itália e também um dos ídolos de Paquetá.

Já Leonardo hoje é diretor de futebol do Milan e seria o responsável por convencer a diretoria do Flamengo a vender o jogador. Cabe lembrar também que o ex-jogador começou a carreira no Rubro-Negro e também é considerado um dos ídolos do clube. Leonardo goza de boa relação com a diretoria do Flamengo e isso é apontado pelo periódico como mais um ponto a favor do Milan.

Diante do assédio, o Flamengo busca estender o contrato do jogador. O objetivo é elevar a multa rescisória para 80 milhões de euros. A multa atual é de 50 milhões de euros, o que corresponde a cerca de R$ 240 milhões. No projeto, Paquetá também ficaria como um dos jogadores mais bem remunerados do atual elenco do Flamengo.

Alheio a todo o burburinho extra-campo, Paquetá vem trabalhando com a Seleção Brasileira nos últimos dias. A expectativa é que ele esteja em campo nesta terça-feira (11), quando o Brasil encara o amistoso com El Salvador. No dia seguinte a partida, o jogador irá embarcar em um vôo fretado pela diretoria do Flamengo para participar do confronto contra o Corinthians, válido pela semifinal da Copa do Brasil.

Foto: Gilvan de Souza


 

Mais lidas do mês