Mídias Sociais

Esporte

Mesmo com estratégias opostas, Fla e Grêmio chegam com problemas parecidos para decisão da vaga na final da Libertadores

Avatar

Publicado

em

 

Considerado por muitos o jogo do ano no futebol brasileiro, Flamengo e Grêmio se enfrentam pela semifinal da Libertadores nesta quarta-feira, 23, às 21h30, no Maracanã, valendo uma vaga para a grande decisão em Santiago, no Chile.

Depois de empate em 1 a 1 na Arena do Grêmio, em Porto Alegre, os rubro-negros precisam não sofrer gols para se classificar, enquanto os tricolores garantem a 2ª final em 3 anos em caso de empate com gols a partir de 2 a 2. Um novo 1 a 1 leva à disputa de pênaltis, e quem vencer se garante na decisão.

Curiosamente, enquanto o técnico flamenguista, Jorge Jesus, não costuma poupar muito seu time, e o técnico gremista, Renato Gaúcho, cultivou o hábito de poupar os 11 titulares nas vésperas dos jogos de copas, os 2 times chegam ao jogão desta quarta com problemas muito semelhantes, já que os 2 times têm dúvidas para a partida.

Sem poder contar com o lateral direito Rafinha e os meias, De Arrascaeta (à esquerda na foto, ao lado de Éverton Cebolinha) e Diego, que, respectivamente, se recuperam de uma fratura do rosto, uma cirurgia no joelho e uma fratura no tornozelo, o Flamengo ainda espera sinal verde do departamento médico para poder contar com seus principais jogadores para o duelo diante dos gaúchos.

Já pelos lados do Grêmio, que não terá o lateral direito Léo Gomes, lesionado, a dúvida fica por conta dos meias, Luan e Jean Pyerre, que também tentam de se recuperar de lesões, respectivamente, no pé direito e na coxa direita, para poderem enfrentarem os cariocas no Maracanã.

No caso dos rubro-negros, o departamento médico vem fazendo um trabalho surpreendente na recuperação dos jogadores, casos do lateral esquerdo Filipe Luís, que enfrentou o Fluminense na vitória por 2 a 0, no último domingo, 18, no mesmo Maracanã, e de Diego, que em menos de 3 meses, se recuperou de uma fratura no tornozelo e ficou à disposição da comissão técnica diante do rival das Laranjeiras.

Caso Rafinha e De Arrascaeta não possam começar jogando, o lateral direito Rodinei, que fez boa partida contra o Flu, deve ser mantido no time, enquanto o substituto do uruguaio pode ser Vitinho ou Reinier.

Na lateral direita gremista, a disputa pela vaga está entre Léo Moura, Rafael Galhardo e o zagueiro Paulo Miranda, que pode ser improvisado na posição para tentar bloquear as perigosas ofensivas rubro-negras pelo lado esquerdo de seu ataque.

No meio, se nem Luan nem Jean Pyerre estiverem com condições de jogo, as possibilidades são os jovens Thaciano ou Patrick, ou mesmo Diego Tardelli sendo recuado para a posição, com o centroavante André assumindo o comando de ataque gaúcho.

Com o clima tenso que precede a partida e os estrategistas dos 2 semifinalistas brasileiros tentando buscar todas as vantagens possíveis, as escalações só devem ser divulgadas horas da partida, e que ninguém se surpreenda se alguns dos contundidos aparecerem serelepes no campo de jogo na noite desta quarta, afinal, ninguém quer perder o jogo do ano.

Mais lidas da semana