Mídias Sociais

Esporte

Marcão despista sobre futuro e valoriza vaga na Sul-Americana do próximo ano

Sérgio Barcellos

Publicado

em

 

O futuro do Fluminense é uma incógnita. O mesmo se aplica a Marcão. O treinador ainda não sabe se seguirá no comando do clube em 2020. Na coletiva de imprensa após o empate sem gols com o Fortaleza, o treinador desconversou sobre a próxima temporada e focou suas atenções na briga por uma vaga na Sul-Americana.

"Hoje eu sou o treinador do Fluminense. Estamos em uma competição muito importante. Estávamos lutando para fugir do rebaixamento, mas ainda temos um objetivo a conquistar e vamos para São Paulo com muita força em busca da vaga na Sul-Americana. Depois que acabar tudo isso, sentaremos com o presidente e veremos a melhor situação para todos nós, para mim e para a instituição. Desde que cheguei aqui, coloquei-me à disposição para sempre ajudar o clube", explicou Marcão.

Marcão falou também na coletiva sobre parte da estratégia utilizada na partida contra o Fortaleza. "A proposta da nossa equipe foi atacar, manter a posse de bola. O Fortaleza jogou em uma linha mais baixa e criou bastante dificuldade. Nossa equipe jogou em cima. Primeiro tempo mais amarrado. Segundo tempo continuamos em cima, criamos algumas opções. Terminamos o jogo em cima do Fortaleza, perdendo chances de gols. Poderíamos ter saído com uma vitória", destacou o treinador.

Embora tenha deixado de somar mais dois pontos importantes na briga pela Sul-Americana, o Fluminense acabou beneficiado na rodada com a derrota do Botafogo para o Atlético-MG. O Tricolor das Laranjeiras ultrapassou o rival e entrou na zona de classificação.

Atualmente, o Fluminense tem 43 pontos, contra 42 do Alvinegro, o que significa dizer que o Tricolor depende apenas de si para se garantir na próxima edição do torneio Sul-Americano. Se vencer o Corinthians na última rodada o time comandado por Marcão garante a classificação independente das outras partidas.

Foto: Lucas Merçon

Mais lidas da semana