Mídias Sociais

Esporte

Macaé volta a campo pelo Carioca nesta quarta-feira, quando irá encarar o Bonsucesso

Avatar

Publicado

em

 

Após a excelente partida na estreia da primeira fase do Campeonato Carioca 2018, o Macaé volta a campo pela competição nesta quarta-feira, dia 27, para mais um desafio. O Alvianil Praiano terá pela frente o Bonsucesso, às 16 horas, em Bacaxá. O adversário também vem de vitória, o que torna o confronto uma disputa direta pelas primeiras posições e pela classificação.

Na última quarta-feira, o Macaé não tomou conhecimento do Goytacaz e atropelou o adversário no Moacyrzão, com uma vitória tranquila, por 3 a 1. O Alvianil Praiano foi bastante superior ao rival, sobretudo no primeiro tempo, onde venceu por 2 a 0, mas poderia ter ido para o intervalo com uma diferença bem maior se tivesse aproveitado as oportunidades criadas.

A atuação diante do Goytacaz surpreendeu a todos e deixou uma excelente impressão sobre o Macaé. A equipe comandada por Josué Teixeira foi muito bem para um time que foi apresentado quando faltava exatamente um mês para a estreia no Carioca. Nesta quarta-feira, o Alvianil Praiano terá a chance de provar que a excelente exibição diante do Goytacaz não foi coincidência.

O duelo contra o Bonsucesso é de fundamental importância para o Macaé. Em caso de vitória, o Alvianil Praiano chegaria aos seis pontos ganhos e daria um enorme passo para ficar com uma das duas vagas na fase principal do Carioca. Vencendo em Bacaxá, o Leão se isolaria na ponta e só poderia ser alcançado na rodada pela Cabofriense, que também venceu na estreia. Isso quer dizer que, mesmo com a Cabofriense vencendo, o Macaé abriria três pontos em relação aos seus outros concorrentes na briga pela classificação, o que seria extremamente positivo.

A partida é tão importante que se por um lado uma vitória aproxima e muito o Macaé da classificação, uma derrota complicaria bastante a vida da equipe. Se perder, o Alvianil Praiano verá o Bonsucesso chegar aos seis pontos e abrir três de vantagem. Pior, a Cabofriense também poderia vencer na rodada e abrir a mesma diferença. Isso obrigaria o time macaense a tirar uma diferença de três pontos em três rodadas para conseguir a tão sonhada classificação.

Competição a parte, a diretoria segue trabalhando nos bastidores para reforçar o elenco. Tanto que acertou recentemente a contratação do zagueiro Igor Jão. O atleta estava no Remo e atualmente está com 24 anos. Cria das categorias de base, o atleta trabalhou com Josué Teixeira no clube em 2016. Igor defendeu ainda Vitória, Grêmio Anápolis (GO), Parauapebas (PA), São Raimundo (PA) e Castanhal (PA).

Sérgio Barcellos 

Foto: Milena Kroll

Mais lidas da semana