Mídias Sociais

Esporte

Macaé será julgado por suposta escalação irregular de jogador nesta sexta-feira

Sérgio Barcellos

Publicado

em

 

O Campeonato Carioca chegou ao fim no último final de semana com o título do Botafogo. Só que nos tribunais ele continua em andamento. Nessa semana, o Tribunal de Justiça Desportiva do Rio de Janeiro (TJD-RJ) aceitou a denúncia apresentada pelo Volta Redonda contra o Macaé. O caso será julgado na sexta-feira, dia 13.

A denúncia tem como base a acusação do Volta Redonda de que o Macaé teria escalado o lateral Lucas Gabriel de maneira irregular durante a disputa da Taça Rio. O contrato do jogador com o Alvianil Praiano tinha duração até o dia 20 de fevereiro. Como não foi publicada a renovação do vínculo do jogador, o Voltaço entendeu que Lucas foi escalado durante todo o segundo turno.

Uma vez comprovada a irregularidade, o Macaé poderia perder os pontos das seis partidas da Taça Rio. Com isso, o Volta Redonda se livraria do rebaixamento para a Seletiva. Exatamente por isso o Voltaço entrou com a denúncia no TJD-RJ. Uma outra possibilidade seria o tribunal entender que houve uma ação continuada. Nesse caso, os macaenses só perderiam os pontos da partida contra o Bangu, e assim se livrariam da queda para a Seletiva.

O Macaé foi convocado para se apresentar na sede do tribunal no Rio, para prestar esclarecimentos a 8ª Comissão Disciplinar Regional. A audiência está marcada para às 15 horas. Quem avaliou a denúncia foi o procurador Luís Cesar Vieira da Silva, que entendeu como pertinente os motivos apresentados pelo Volta Redonda.

Com a ação, o Macaé foi denunciado por violar o artigo 214 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD) por seis vezes, que foi o número de partidas disputadas por Lucas Gabriel. A tendência é que o caso tenha novos desdobramentos a partir do julgamento.

Foto: Milena Kroll 


 

Mais lidas do mês