Mídias Sociais

Esporte

Macaé reencontra o Volta Redonda neste sábado em partida que abre o returno do Brasileiro

Avatar

Publicado

em

 

Um recomeço. Assim pode ser encarada a partida entre Macaé e Volta Redonda na tarde deste sábado, dia 15, no Moacyrzão. O confronto irá abrir o returno do Campeonato Brasileiro da Série C e pode significar o início de uma nova fase para os macaenses. O principal objetivo do Alvianil Praiano é brigar pelo acesso. E o duelo com o Voltaço pode ser o início de uma recuperação na competição.

O Macaé oscilou bastante no início do Campeonato Brasileiro da Série C. Na partida de estreia, por exemplo, o Alvianil Praiano foi superado pelo mesmo Volta Redonda, por 3 a 1, no Estádio Raulino de Oliveira. Apesar do resultado, o Leão se recuperou na rodada seguinte, quando venceu o Bragantino. Tudo levava a crer que dias melhores viriam, até porque o time montado as vésperas da competição iria se entrosando com o passar das rodadas.

O problema é que nas rodadas seguintes, o Macaé acumulou derrotas para São Bento, Tupi e Botafogo (SP). Acabou parando na zona de rebaixamento. Em quatro jogos, o time somou apenas um ponto, no empate em 1 a 1 com o Ypiranga fora de casa. Foi de longe o momento mais conturbado do clube na Série C. Felizmente, a reação veio na sequência. Aproveitando uma série de jogos em casa, o Alvianil Praiano conquistou duas vitórias seguidas, sobre Joinville e Mogi Mirim. O time se aproximou do G-4 e viveu a expectativa de entrar na zona de classificação. A série positiva foi interrompida justamente na última rodada, com a derrota por 2 a 1 diante da Tombense, em Tombos, resultado que fez os macaenses voltarem a se aproximar da incômoda zona de rebaixamento.

Ainda no decorrer da competição, a diretoria do Macaé trouxe alguns reforços pontuais. As chegadas de Pirão, William, Franco e Acciolli deram um pouco mais de qualidade ao elenco, o time passou a se mostrar mais competitivo. É exatamente nisso que aposta a diretoria para esse recomeço. Os dirigentes trouxeram também o zagueiro Américo Martins, para dar uma consistência maior ao sistema defensivo. A contar por esses fatores, o Volta Redonda encontrará um Macaé completamente diferente em relação ao que enfrentou no primeiro turno.

Sérgio Barcellos

Foto: divulgação Mogi Mirim

Mais lidas da semana