Mídias Sociais

Esporte

Macaé pode se livrar matematicamente do rebaixamento no Brasileiro neste final de semana

Avatar

Publicado

em

 

Em franca recuperação no Campeonato Brasileiro da Série C e embalado após duas vitórias consecutivas, o Macaé volta a campo pela competição neste sábado, dia 02. Na ocasião, o Alvianil Praiano terá pela frente o duelo contra o já rebaixado Mogi Mirim, às 15h30, no Estádio Vail Chaves, em São Paulo. A partida é de extrema importância para os macaenses, que podem eliminar de vez qualquer risco de rebaixamento em caso de vitória.

As vitórias sobre Botafogo (SP) e Joinville (SC) tiraram o Macaé da zona de rebaixamento. Mais que isso, os excelentes resultados colhidos nas duas últimas rodadas deram a possibilidade da equipe depender apenas de suas forças para se manter na Série C do Brasileiro. Um pouco mais aliviado, o Macaé pode dar fim a qualquer risco de queda neste final de semana. Para isso acontecer, o Alvianil Praiano precisa vencer o Mogi e ainda torcer para que o Bragantino ao menos empate com o Joinville. As duas equipes se enfrentam neste domingo, em São Paulo.

O fato do Mogi Mirim já estar matematicamente rebaixado, em tese, facilitaria a vida do Macaé, já que o adversário não briga por mais nada na competição. No entanto, o técnico Josué Teixeira pensa de maneira diferente. Na visão do treinador, o adversário não tem mais nada a perder, o que pode ser muito perigoso para os macaenses.

“Conversamos com o grupo que este jogo será o mais difícil para a gente. Não podemos perder o foco, tirar as chuteiras do gramado. Um resultado positivo nesta partida pode nos fazer sonhar na última rodada. Acredito em um Mogi Mirim como franco atirador, vai jogar sem pressão alguma, poderá arriscar tudo. Teremos que ter equilíbrio e posicionamento, saber o momento de controlar o jogo”, afirmou Josué Teixeira em entrevista ao Futrio.net.

O gerente de futebol do Macaé, Guilherme Kroll, comentou o atual momento da equipe na competição. “Nesse campeonato o Macaé resgatou o prazer de jogar no Moacyrzão após muito tempo. Voltou a vencer jogos, depois de um longo jejum, e venceu fora de casa, o que não acontecia há muito tempo. Estamos resgatando algo muito precioso. Vamos vir fortes no próximo Carioca e no Brasileirão do ano que vem, independente da série em que estivermos disputando”, projetou o dirigente.

Sérgio Barcellos 

Foto: divulgação 

Mais lidas da semana