Mídias Sociais

Esporte

Léo Costa vê Macaé forte após Carioca e já mira NBB: “objetivo é classificar para os playoffs”

Avatar

Publicado

em

 

O Campeonato Carioca já é passado para o Macaé Basquete. Após cair na semifinal diante do Vasco e não conseguir alcançar a sua quarta final consecutiva pela competição, o Macaé Basquete volta todas as suas atenções para a disputa do NBB. A estreia no principal torneio do país na modalidade será no dia 08 de novembro. Logo de cara, o Alvianil Praiano irá encarar uma verdadeira pedreira. O adversário será o Bauru, atual vice-campeão do NBB. A partida será disputada no Ginásio Panela de Pressão, em São Paulo.

Com um elenco recém-formado, o Macaé Basquete iniciará mais uma temporada no Novo Basquete Brasil como coadjuvante. O técnico Léo Costa mais uma vez comandará a equipe na competição. O comandante avaliou como positiva a participação no Carioca. Destacou a evolução no time e ainda falou sobre o futuro.

“O time evoluiu bastante da primeira partida até a última no Carioca. Hoje apresentamos uma atuação bem mais consistente. Esse torneio nos preparou melhor para o NBB do que no ano passado. Ainda vamos contar com a chegada de mais jogadores com o Lupa (que inclusive já foi anunciado) e a expectativa é pela chegada de dois norte-americanos, o que certamente nos dará um salto grande de qualidade”, afirmou Léo Costa.

Assim como nas temporadas passadas, o objetivo mais uma vez será a classificação para os playoffs. No NBB7, o Macaé também não entrou entre os favoritos, mas surpreendeu e fez história. Se garantiu nos playoffs e se classificou apenas na última rodada, no 12º lugar. Nas oitavas encarou o Minas (dono da 5ª melhor campanha) e surpreendeu. Venceu a série melhor de três por 3 a 1 e avançou as quartas. Por muito pouco não conseguiu a inédita classificação para as semifinais, mas acabou eliminado pelo Mogi no último jogo, perdendo a série por 3 a 2.

“Sem dúvidas o objetivo é a classificação para os playoffs. Não podemos pensar diferente. Não podemos pensar diferente. No NBB7 conseguimos classificar e por muito pouco não chegamos a semifinal. Esse grupo tem características semelhantes ao outro e podemos surpreender. As outras equipes não se sentem ameaçadas e isso pode ser positivo”, avaliou o comandante.

Ainda durante a fase de classificação no Carioca, o Macaé quase arrancou uma surpreendente vitória sobre o Vasco. O time só foi derrotado na prorrogação, mas vendeu caro a derrota no Juquinha. Essa partida serve como motivação para o NBB. “Aquela partida foi a nossa melhor atuação na temporada até aqui. Estávamos a frente faltando 5 segundos para o fim e eles empataram na última bola. Mostrou a nossa competitividade. O Vasco montou um time para ser campeão do NBB e conseguimos jogar de igual para igual. Isso nos dá confiança”, finalizou Léo.

Sérgio Barcellos

Foto: Tiago Ferreira 

 

Mais lidas da semana