Mídias Sociais

Esporte

Leiliane Alves fala sobre mudança para o MMA e primeira vitória na nova modalidade

Sérgio Barcellos

Publicado

em

 

Buscando novos desafios no mundo das lutas, a atleta Leiliane Alves deu início no último final de semana a sua carreira no MMA. Natural do Jiu-Jítsu, ela lutou pelo NCE 31 New Corpore Extreme, evento bastante conceituado no meio e que vem revelando grandes valores e talentos. A atleta mostrou de tem futuro, ao começar com o pé direito, já somando a sua primeira vitória. O evento foi realizado em Irajá, Rio de Janeiro.

Leiliane Alves lutou na categoria peso palha (até 52 kg). Em contato com a reportagem, ele falou sobre a experiência. “Foi bem bacana. Comecei a treinar MMA há dois meses. É uma modalidade totalmente nova para mim. Tive o imenso prazer de participar desse evento duríssimo e consegui mostrar um belo trabalho, realizado pelo meu mestre e meu treinador. Não posso deixar de ressaltar também o trabalho da minha preparadora física, me ajudando bastante. Só tenho a agradecer a todos. Marystela Neves, Ranieri Fernandes e Elton Gonçalves, muito obrigado por estarem sempre ao meu lado e acreditando no meu potencial”, afirmou Leiliane.

Leiliane não é novata no mundo das lutas. Ela já soma dois anos de experiência com o jiu-jítsu onde sempre esteve disputando títulos. A atleta conta que a transição para o MMA foi natural e também para aproveitar uma oportunidade de mercado.

“Eu sempre gostei muito de assistir luta de MMA. Iniciei no jiu-jítsu por estar desempregada e quis ocupar a minha cabeça. Uma amiga me apresentou o treinador Elton dizendo que eu levava jeito para a modalidade. Após um teste começamos a treinar e as coisas foram acontecendo. Então surgiu a oportunidade de lutar no MMA, que é uma modalidade que está precisando de novas atletas. O feminino hoje não tem a mesma proporção do masculino. A boa notícia é que vem crescendo muito, apesar da falta de investimento”, encerrou Liliane.

Foto: divulgação


 

Mais lidas do mês