Mídias Sociais

Esporte

Júnior Marques assina contrato internacional e sonha com voos mais altos na carreira

Avatar

Publicado

em

 

O ano de 2017 promete e muito para o lutador de MMA Júnior Marques. Isso porque na última segunda-feira, dia 16, a fera assinou um contrato internacional com a agência On The Road Management, o que lhe possibilita sonhar com voos mais altos na carreira. A porta para eventos internacionais foi aberta. Caberá ao lutador aproveitar essa oportunidade. Aos 24 anos, Júnior tem em seu cartel a expressiva marca de 13 lutas e 13 vitórias, sendo 12 delas por nocaute.

A On The Road Management está diretamente ligada à Top Fight, agência que já era responsável por casar as lutas de Júnior Marques aqui no Brasil. A expectativa agora é que, com esse novo contrato, o acesso a eventos internacionais seja uma realidade e que com isso o atleta seja reconhecido também fora do país.

“A assinatura desse contrato é de extrema importância para o Júnior porque agora ele vai poder participar de grandes eventos no mundo. Essa empresa americana não visa inserir atletas em eventos pequenos. O contrato é exclusivo para lutas em gigantes como UFC, Bellator, Rizin, OneFC, entre outros. Outra grande diferença é que com essa agência a promoção da marca Júnior Marques é maior e poderemos aumentar a arrecadação com patrocínios, propagandas e seminários que utilizarem sua imagem. E claro, estamos falando de lutas a nível mundial”, explicou o treinador do atleta, Marcelo Dutra.

Júnior Marques não luta desde o dia 21 de agosto do ano passado, em um evento em São Gonçalo. De lá para cá, ele teve quatro eventos cancelados, sendo um deles o internacional The Circle. Júnior agora vive a expectativa pela volta ao octógono. No próximo dia 24 de fevereiro, a fera do MMA de Barra de São João estará em Curitiba para lutar pela 10ª edição do Curitiba Top Fight. Na ocasião, ele enfrentará um adversário que tem em seu cartel 10 vitórias e apenas duas derrotas.

“Será uma luta duríssima para o Júnior. Uma pedreira. O adversário é mais alto que ele, mais novo e também mais experiente. Acreditamos que essa luta pode ser um divisor de águas na carreira dele. O Júnior tem um excelente cartel e acredito que ele tem um grande futuro pela frente”, encerrou Marcelo Dutra.

Sérgio Barcellos

Foto: divulgação

Mais lidas da semana