Mídias Sociais

Esporte

Jorge Jesus enaltece vitória do Flamengo e faz até elogios a postura do rival na decisão do Carioca

Sérgio Barcellos

Publicado

em

 

Mesmo sem uma grande atuação, o Flamengo venceu o Fluminense e largou na frente na briga pelo título do Campeonato Carioca. Em vantagem na corrida pelo título, o Rubro-Negro agora joga por um empate na próxima quarta-feira (15) para sagrar-se campeão geral do Estadual. Após a partida, o técnico Jorge Jesus valorizou a vitória e também fez elogios ao rival.

"Importante que venceu. Na disputa pelo troféu em dois jogos, estamos em vantagem. Esse jogo foi mais bem disputado e dividido. Hoje o Fluminense jogou para ganhar, esteve sempre à procura da vitória, assim como a equipe do Flamengo. Foi um jogo muito mais espetacular, mais bem jogado e bem mais emotivo", disse Jorge Jesus.

Jesus havia criticado a postura do Fluminense na final da Taça Rio. Na visão do treinador, o Tricolor das Laranjeiras tinha entrado em campo como uma postura extremamente defensiva, preocupado em perder de pouco. Só que agora, na final geral do Carioca, o português viu uma atitude diferente do rival, algo que foi bastante elogiado por ele após a partida.
"Ganhou o Flamengo. Durante o jogo, o Flamengo sempre foi mais equipe, mas hoje, ao contrário do que disse na última semana, o Fluminense hoje quis jogar para ganhar. Parabéns às duas equipes", disse o treinador.

Jorge Jesus comentou também a polêmica expulsão do atacante Gabigol, que recebeu o segundo amarelo e na sequência o vermelho nos minutos finais da partida. Por conta disso, ele terá que ficar de fora do jogo de volta na próxima quarta-feira (15). "Não dar para entender a expulsão, é uma coisa de loucos", limitou-se a dizer o treinador.

A queda ofensiva do Flamengo é algo que vem gerando apreensão nos torcedores. Alguns deles e até mesmo parte da imprensa estão associando a baixa produção ao interesse do Benfica em Jorge Jesus. Eles acreditam que as especulações em torno do futuro do treinador podem estar mexendo com a cabeça dos jogadores. Tendo fundamento ou não, o fato é que o time produziu abaixo do que pode render nos dois últimos jogos, enquanto que poderia ter garantido de forma antecipada o título geral do Carioca.

Foto: Alexandre Vidal

Mais lidas da semana