Mídias Sociais

Esporte

Jorge Jesus agradece apoio no Maracanã e comemora classificação na Libertadores

Sérgio Barcellos

Publicado

em

 

Após 90 minutos de tensão, o torcedor do Flamengo enfim pôde comemorar a tão sonhada classificação para as quartas de final da Copa Libertadores da América. Após vencer no tempo normal o Emelec por 2 a 0 e devolver o placar do jodo de ida no Equador, o Rubro-Negro venceu também nos pênaltis por 4 a 2. Na próxima fase do torneio, irá encarar o Internacional, de Porto Alegre.

Na última vez que havia entrado em uma disputa por pênaltis, o Flamengo acabou derrotado diante do Athlético-PR na Copa do Brasil. Só que dessa vez, o time se preparou melhor e não desperdiçou nenhuma cobrança contra o Emelec. O técnico Jorge Jesus revelou que o time treinou cobranças ao longo da semana e inclusive no dia do jogo.
"Era difícil mudar com o carro em andamento, mas conseguimos e trabalhamos bem a equipe para o caso de penalidades. Não é sorte, é trabalho. E viemos trabalhar ao longo do tempo, inclusive hoje pela manhã", afirmou o técnico Jorge Jesus.

O treinador se emocionou com toda a atmosfera criada pelos torcedores no Maracanã e no entorno do Estádio. Após a confirmação da classificação, ele fez questão de agradecer o apoio e o carinho. "A festa era para os jogadores e os torcedores. Nossa caminhada até chegar ao Maracanã foi impressionante e acho que era uma festa para eles. Só quis relaxar naquele momento (se referindo ao fato de ter comemorado a vitória nos pênaltis sozinho no banco de reservas)", explicou Jesus.

Jorge Jesus falou também sobre a queda de rendimento do time na etapa final. "É impossível uma equipe jogar como o Flamengo fez por 45 minutos, quando o Emelec não fez um arremate. Foram 70% de posse de bola, como que você quer que uma equipe seja, no Brasil, China ou Europa, como o Flamengo foi por 105 metros pressionando o portador da bola e chegue na segunda parte com a mesma intensidade? Sabe onde isso acontece? No PlayStation. Quero agradecer aos jogadores por fazerem tudo que deviam fazer", encerrou Jesus.

O Flamengo volta a campo no domingo (4) para encarar o Bahia, na Fonte Nova, em Salvador. O Rubro-Negro busca uma vitória como visitante para se aproximar do líder Santos. Hoje cinco pontos separam as duas equipes na ponta da tabela.

Foto: Alexandre Vidal

Mais lidas da semana