Mídias Sociais

Esporte

Jogadores do Vasco encerram greves por entrevistas no clube

Sérgio Barcellos

Publicado

em

 

Os jogadores do Vasco decidiram nesta semana encerrar a greve de entrevistas no clube. A decisão foi motivada pelo pagamento do 13º salário, que foi concluído pela diretoria neste semana. Os atletas tinham feito um acordo entre si de não falar com a imprensa por conta dos atrasados no clube. Com a regularização, os jogadores voltarão a conversar normalmente com os jornalistas.

A greve teve início no dia 19 de fevereiro. Na ocasião, os jogadores voltavam da viagem para a Bolívia, onde eliminaram o Oriente Petrolero da Copa Sul-Americana. Desde então, apenas dirigentes e o então técnico Abel Braga vinham conversando com os jornalistas. A greve inclusive foi confirmada pelo diretor executivo, André Mazzuco.

"Foi conversado, sim. Os atletas decidiram, como uma ação, neste momento, não falar com a imprensa, não dar entrevistas. É um direito deles. Obviamente, nada contra a imprensa. É uma ação decidida por eles. Respeitamos e conversamos com eles a respeito. As conversas acontecem, e cabe ao clube buscar soluções. Mais uma vez: essa ação deles não significa menos ou mais trabalho", disse Mazzuco à época.

Como o diretoria conseguiu regularizar a questão do 13º salário na última segunda-feira (23), os jogadores optaram por encerrar a greve. Cabe lembrar que o Vasco ainda deve férias, e os salários de janeiro e fevereiro para funcionários e atletas.

Foto: Carlos Gregório Jr

Mais lidas da semana