Mídias Sociais

Esporte

Goytacaz e Americano ficam no 1 a 1 em clássico campista com 3 expulsões pela seletiva do Carioca 2019

Avatar

Publicado

em

 

Jogadores de Goytacaz e Americano disputam a bola em clássico movimentado, mas com poucos gols, e Alvinegro chega a 4 pontos e assume a liderança

Com direito a três expulsões, o clássico campista entre Goytacaz e Americano ficou no 1 a 1, em jogo válido pela segunda rodada da seletiva do Campeonato Carioca, disputado no Aryzão nesta quinta-feira, 27.

Os gols saíram ainda no primeiro tempo, com Ernani abrindo o placar para o Goytacaz aos 22 minutos de partida, completando cruzamento da esquerda, com Romário igualando o placar para o Americano aos 44 minutos da primeira etapa após falha do goleiro Paulo Henrique.

Com o resultado, o Goyta chegou ao seu primeiro ponto, na 5ª e penúltima colocação, enquanto o Alvinegro foi aos 4 pontos, assumindo a liderança, ultrapassando o Nova Iguaçu, que enfrenta o Macaé neste sábado, 29.

Na próxima rodada, o Goytacaz vai enfrentar o Resende, no Estádio do Trabalhador, dia 6 de janeiro, às 16h, enquanto o Americano vai receber o Nova Iguaçu, no Ferreirão, no mesmo dia e horário.

No primeiro tempo, o Goytacaz começou um pouco melhor, com o meia Gabriel Galhardo, irmão de Thiago Galhardo, do Vasco, tomando controle do meio-de-campo, embora as oportunidades fossem raras até os 20 minutos.

Muitas faltas e cartões tomaram conta do início da partida, mas após a parada técnica, o Alvianil voltou melhor e abriu o placar. Aos 22, após bola mal afastada pela defesa, Erick Daltro cruzou na segunda trave e Ernani completou de cabeça para o fundo da rede, abrindo o placar no clássico campista.

Com a vantagem, o Goyta seguiu melhor, principalmente depois da expulsão do zagueiro Admilton, que fez falta dura no lateral Tenente e recebeu o cartão vermelho direto. Na sequência, Edinho recebeu na entrada da área, bateu forte e fez o segundo gol, mas o impedimento já estava marcado.

Contrariando as expectativas, o Americano se lançou ao ataque, rondando a área adversária com mais perigo, mas deixando espaços na defesa, que o Goytacaz não soube aproveitar, como em jogada aos 31, que, numa troca rápida de passes, Michel saiu na cara do goleiro Luis Henrique. O gol só não saiu porque o jogador do Alvianil adiantou muito a bola e permitiu o corte do goleiro.

Depois disso, o Americano começou a dominar os espaços, trocando passes e buscando o gol de empate, que veio após boa jogada de Léo Rosa, que deixou Michel no chão e chutou forte no meio do gol. O goleiro Paulo Henrique, porém, bateu roupa, e soltou a bola nos pés do centroavante Romário, que, de cabeça, empatou o clássico aos 44.

Na segunda etapa, o Goytacaz teve Cleiton expulso aos 5 minutos depois de fazer falta em Flamel, também recebendo o cartão vermelho direto, igualando o número de atletas das equipes novamente, que ficaram com 10 jogadores em campo.

Aos 23 minutos, Adalberto cometeu falta em Romário, recebeu o segundo amarelo e também foi para o chuveiro mais cedo. Após as duas expulsões e com um homem a menos, o Goytacaz teve as melhores chegadas ao ataque.

Primeiro com Erick Daltro pela esquerda, mas não teve sucesso no cruzamento. Na sequência, Douglas Oliveira ficou na cara de Luis Henrique, mas a arbitragem marcou impedimento do camisa 9 Alvianil.

A última grande chance veio aos 47, com Erick Daltro cobrando falta da entrada da área, em que Luis Henrique voou e fez a defesa, colando a bola para a lateral, mantendo o placar em 1 a 1 e o clássico empatado.

 

A PARTIDA

Goytacaz 1x1 Americano – 2ª rodada da seletiva do Carioca 2019 (27.12. 18)

Estádio Aryzão, Campos dos Goytacazes

Árbitro: Bruno Arleu de Araújo

Assistentes: Rodrigo Figueiredo Henrique Corrêa e Michael Correia

Goytacaz: Paulo Henrique; Tenente, Cleiton, Adalberto e Erick Daltro; Ernani (Yan, intervalo), Michel (Lukinha, 19'/2ºT), João Vitor e Gabriel Galhardo; Edinho (Diego Macedo, 07'/2ºT) e Douglas Oliveira. Técnico: Athirson.

Americano: Luis Henrique; Léo Rosa, Admilton, Gabriel e Rafinha; Júnior Santos (Abuda, 27'/2ºT), Sanderson (Espinho, intervalo), Vandinho, Gustavo e Flamel; Romário. Técnico: Josué Teixeira.

Gols: Ernani, 22'/1ºT (1-0); Romário, 44'/1ºT (1-1);

Cartões amarelos: Ernani, Adalberto, Tenente (GOY) Junior Santos, Vandinho, Abuda (AME)

Cartões vermelho: Cleiton, Adalberto (GOY); Admilton (ANO).

Público: 2.303 pagantes (2.833 presente)

Renda: R$ 52.720,00

Mais lidas do mês