Mídias Sociais

Esporte

Goleada mantém Vasco na zona e aumenta a pressão sobre Ricardo Sá Pinto

Publicado

em

 

Ainda não foi dessa vez que o Vasco reencontrou o caminho da vitória pelo Campeonato Brasileiro. Além de não vencer, o Cruz-Maltino ainda acabou goleado pelo Grêmio por 4 a 0 no último domingo na Arena Grêmio. O resultado é mais um vexame da equipe na competição.

A derrota manteve o Vasco na zona de rebaixamento e aumentou ainda mais a pressão sobre o técnico Ricardo Sá Pinto. Com a série de maus resultados, o treinador já não goza do mesmo prestígio junto a diretoria e a possibilidade de deixar o cargo é real. Após a partida, o treinador tentou dar um voto de confiança ao elenco.

"Acredito que vamos sair dessa situação, não tenho dúvidas. Acredito que teremos bom resultado contra o Fluminense. Eu acredito muito na nossa equipe e na capacidade dos nossos jogadores. Agora, fiquei triste pois tínhamos a expectativa de conseguir bom resultado aqui. Eu acredito na equipe. No dia em que não acreditar, serei o primeiro a comunicar à direção que não tenho condições de continuar mais", afirmou o português.

O Vasco permanece na zona de rebaixamento com 24 pontos conquistados até aqui em 23 jogos. O time é o 17º colocado na tabela de classificação e tem um ponto a menos que o Sport, primeiro time fora do Z-4. Vivendo uma realidade diferente da imaginada no início do trabalho, Ricardo Sá admitiu que a luta agora é contra o rebaixamento.

"Nesta altura, a prioridade é sair desta zona. É a prioridade. Temos de assumir com seriedade. A prioridade é sair dessa zona. É o objetivo. Depois, vamos ver o que conseguimos. Se conseguimos criar outro objetivo", explicou o treinador.

Foto: Rafael Ribeiro

 

Mais lidas da semana