Mídias Sociais

Esporte

Fluminense sofre baque financeiro e pode ter temporada comprometida

Sérgio Barcellos

Publicado

em

 

O Fluminense sofreu um duro golpe nesta quinta-feira (10). Por determinação da Justiça, o Tricolor das Laranjeiras teve penhorados pouco mais de R$ 10 milhões de seus cofres por conta da transferência do atacante Richarlison para o Watford e, posteriormente, o Everton, ambos da Inglaterra.

A determinação veio do Tribunal de Justiça do Estado do Espírito Santo. Além da penhora, o Fluminense também está proibído de fazer transferências de jogadores nos sistemas de Gestão CBF e Fifa TMS. A ação foi movida na Justiça pelo Real Noroeste, do Espírito Santo, que detinha 20% dos direitos econômicos do jogador na época da transação. O Real acusa o Flu de não ter pago integralmente o valor ao que o clube tinha direito pelos 20% do passe do jogador.

Segundo o Real Noroeste, o clube já havia tentado outros acordos com o Fluminense para o pagamento da dívida, mas não obteve sucesso. A ação na Justiça é visto pelo clube capixaba como último recurso para fazer valer os seus direitos.  O Tricolor das Laranjeiras ainda não se pronunciou oficialmente sobre o assunto.

O bloqueio chega em uma péssima hora para o Fluminense. Afundado em uma grave crise financeira, o Tricolor das Laranjeiras vê a situação piorar com a penhora, já que agora seus recursos estão bloqueados na Justiça. A ação pode trazer um grande impacto no planejamento da equipe para a temporada, evitando que o time possa se reforçar e ter acesso a receitas até que a dívida seja paga de forma integral.

Foto; divulgação/Fluminense

Mais lidas do mês