Mídias Sociais

Esporte

Fluminense define data para voltar a treinar presencialmente

Sérgio Barcellos

Publicado

em

 

O Fluminense confirmou por meio de nota que os treinos presenciais no CT Carlos Castilho serão retomados nesta sexta-feira (19). Pelo cronograma divulgado pelo clube, os trabalhos inicialmente serão fechados para a imprensa. O objetivo é evitar maiores aglomerações em meio à pandemia do novo coronavírus.

"As atividades da equipe profissional do Fluminense no Centro de Treinamento Carlos Castilho estão marcadas para recomeçar nesta sexta-feira (19/06), com protocolo especial em relação à pandemia do Covid-19. Enquanto não houver controle da pandemia, os treinos serão fechados à imprensa e as coletivas acontecerão de forma virtual, em formato a ser divulgado posteriormente", reforçou o clube.

O Tricolor das Laranjeiras já realizou testes também nos jogadores e funcionários. O clube aguarda a chegada de todos os resultados para saber se há ou não infectados pela Covid-19. A tendência é que o Flu tenha a reposta sobre isso até o fim desta semana.

Curiosamente, o Fluminense irá voltar a treinar um dia após a retomada do Campeonato Carioca. O Tricolor das Laranjeiras inclusive tem um jogo marcado para a próxima segunda-feira (22) contra o Volta Redonda, no Maracanã. O clube já manifestou por diversas vezes o desejo de não entrar em campo. Diante da pressão da Ferj, o presidente Mário Bittencourt disse que irá buscar medidas legais na Justiça para não jogar.

Diante do impasse, o prefeito do Rio, Marcelo Crivella pediu a Ferj para não punir Botafogo e Fluminense caso ambos não entrem em campo. Crivella ainda sugeriu que ambos tivessem seus pedidos atendidos e jogassem apenas um julho. O presidente da Federação, Rubens Lopes, ainda não se posicionou sobre o caso.

Diante de toda a repercussão, os jogadores do Fluminense publicaram uma nota sobre o retorno do Carioca. No documento, eles se posicionaram contra a volta do torneio, afirmando que não se sentem confortáveis com a decisão da Ferj pois acreditam que com a volta dos jogos, estarão colocando mais vidas em risco.

Foto: Lucas Merçon

Mais lidas da semana