Mídias Sociais

Esporte

Flamengo segue colecionando recordes coletivos e individuais no Campeonato Brasileiro

Sérgio Barcellos

Publicado

em

 

Mesmo já declarado campeão do Campeonato Brasileiro, o Flamengo de Jorge Jesus segue quebrando recordes pela competição. No último domingo (1º), o Rubro-Negro bateu o Palmeiras por 3 a 1 no Allianz Parque, em São Paulo. O resultado ampliou o recorde de pontuação no torneio, que já pertencia ao time carioca. Nunca na história dos pontos corridos, um time chegou a uma campanha de 87 pontos.

Na coletiva de imprensa, o técnico Jorge Jesus falou um pouco sobre o "segredo" da equipe para manter a concentração e a sede por vitórias mesmo já campeão do Brasileiro. Se engana quem pensa que o time não tem mais objetivos no torneio nacional.

"Criamos uma marca desde que chegamos. Na palestra antes dos jogos, falamos em tática e muito em jogar "à Flamengo". Ainda temos motivação, muita motivação, para chegar nas marcas. Isso faz com que a equipe continue com adrenalina, motivação, mesmo já sendo campeão. Segue empenhada em busca das vitórias. Eles sabem que há mais um título a ser disputado, com dois adversários que estão no auge, enquanto estamos em fim de temporada", disse o treinador.

Além do recorde de pontuação o Flamengo tem agora também o maior artilheiro da história dos pontos corridos. Com os dois gols diante do Palmeiras, o atacante Gabigol chegou aos 24, deixando para trás Jonas (2010) e Borges (2011) como maiores artilheiros em uma só edição do Brasileiro. Anteriormente, os dois haviam marcado 23 gols no mesmo torneio. Jesus não deixou de elogiar seu principal artilheiro na temporada.

"O Gabigol é o nome dele, é gol. Não é por acaso que colocaram esse apelido nele. Ele pode estar numa final em Lima, ficar 90 minutos sem fazer uma jogada perigosa, ficar muito tempo sem tocar na bola, mas de um momento para outro: gol do Gabigol", destacou o português.

Foto: Alexandre Vidal

Mais lidas da semana