Mídias Sociais

Esporte

Flamengo se aproxima de acerto com destaque do último Brasileiro, mas recua após pedida do Goiás

Sérgio Barcellos

Publicado

em

 

O Flamengo esteve muito perto de anunciar a chegada de mais um reforço para a temporada nesta quarta-feira (8). O Rubro-Negro se reuniu com representantes do atacante Michael, do Goiás pela manhã. Embora tenham avançado em algumas frentes, as partes não chegaram a um acordo neste primeiro encontro. A expectativa é que seja realizada uma nova rodada de negociações nos próximos dias para selar ou não a contratação do jogador.

O primeiro encontro foi realizado em um hotel no Rio de Janeiro. Segundo informações, questões financeiras travaram o acerto entre as partes. Alguns detalhes acabaram travando a conversa, mas a tendência é dar seguimento à negociação. A informação que chega é que o Flamengo ofereceu cerca de 7,5 milhões de euros, valor que não contempla os 5% dos direitos econômicos de Michael que pertencem ao Goianésia, ex-clube do atacante.

O Goiás não concordou com os termos apresentados. O Esmeraldino pede 8 milhões de euros. nos bastidores, corre a informação de que o empresário de Michael, Eduardo Maluf, teria passado um valor diferente ao Flamengo, que acabou recuando após a pedida do clube goiano. Um novo encontro então estaria condicionado a uma contraproposta por parte do Flamengo, algo que pode acontecer nos próximos dias.

Michael fechou a temporada de 2019 como jogador revelação do Campeonato Brasileiro. Por conta das boas exibições com a camisa do Goiás, o atacante entrou na mira de diversos clubes. O Corinthians foi um dos interessados e chegou a enviar uma proposta de 5 milhões de euros, valor que foi recusado pela diretoria. O Palmeiras também entrou em contato com o Esmeraldino em busca de informações sobre o jogador, mas não chegou a dar continuidade as conversas. Foi então que o Flamengo acabou ganhando força. Após diversas especulações, o Goias enfim está próximo de finalmente acertar a venda do jogador. Resta saber se o Rubro-Negro estará disposto a prosseguir com as conversas ou se dará o negócio por encerrado após a pedido dos goianos.

Foto: Alexander Vidal

Mais lidas da semana