Mídias Sociais

Esporte

Flamengo lidera ranking negativo após estreia no Brasileiro

Sérgio Barcellos

Publicado

em

 

A pandemia do novo coronavírus causou inúmeros prejuízos aos clubes de futebol e a população em geral. Só que os efeitos colaterais estão longe do fim, mesmo com a retomada dos jogos oficiais. Sem poder contar com o apoio de sua torcida, o Flamengo acumulou o maior prejuízo na estreia do Brasileiro, na derrota por 1 a 0 diante do Atlético-MG no último fim de semana.

Sem poder comercializar ingressos e mobilizar bares, lojas e etc, o Flamengo acumulou um prejuízo de R$ 183.311,10 com as despesas da partida. As informações são do portal UOL Esportes. Os custos de Maracanã são consideravelmente altos e caso o quadro permaneça, o Rubro-Negro pode ser um dos maiores prejudicados.

Ainda segundo um levantamento do UOL Esportes, caso a decisão de vetar a entrada de público nos estádios seja mantida até o fim da competição em fevereiro do próximo ano, o Flamengo pode acumular um prejuízo de quase R$ 3,5 milhões nos 19 jogos como mandante. São números que chamam a atenção e que certamente terão grande impacto nas finanças do clube.

No planejamento no início da temporada, o Flamengo previu um orçamento de 2020 com mais de R$ 100 milhões em receitas com venda de ingressos e operação do Maracanã. Todo esse cálculo terá que ser revisto diante do pandemia mundial. Além de não arrecadar o planejado, o clube ainda terá que arcar com as despesas de todas as suas partidas como mandante.

Foto: Alexandre Vidal

Mais lidas da semana