Mídias Sociais

Esporte

Flamengo emite nota oficial para esclarecer volta aos treinamentos

Sérgio Barcellos

Publicado

em

 

A volta do Flamengo aos treinamentos continua repercutindo no mundo do futebol. Diante de todo o burburinho sobre o assunto, a diretoria do Rubro-Negro decidiu vir a público nesta quinta-feira (21) para se pronunciar de forma oficial sobre o caso. O clube emitiu uma nota com o intuito de esclarecer a retomada das atividades.

Na nota oficial, a diretoria do Flamengo fez questão de frisar que todos no clube se sentem seguros e aptos para retomar suas atividades, principalmente por conta de todo o protocolo de segurança apresentado pela instituição. O documento chegou a ser assinado pelo vice de futebol, Marcos Braz, o diretor executivo de futebol Bruno Spindel, o técnico Jorge Jesus e o médico Márcio Tannure.

"Os atletas e os integrantes envolvidos no dia a dia do Ninho do Urubu informam que se sentem seguros e aptos a retomar os treinamentos em razão do protocolo de segurança e prevenção adotado pelo Departamento Médico do Flamengo. O protocolo foi colocado em prática seguindo as mais rigorosas determinações de segurança internacional. Colaboradores, atletas e integrantes da comissão técnica realizaram testes com resultado negativo para a Covid-19, além de serem examinados diariamente pelo Departamento Médico", dizia parte da nota publicada pelo clube.

A postura contraria o que vem pregando a Prefeitura do Rio. A secretaria municipal de saúde, Ana Beatriz Busch voltou a frisar nesta quinta que a retomada dos treinamentos não foram permitidas. Ela fala inclusive em sanções para aqueles que descumprirem as determinações.

"Nós acreditamos que o Flamengo, se estiver fazendo alguma atividade, o que nós não acreditamos, vai voltar atrás e cumprir o papel dele. Um clube tão importante e formador de opinião. Imagina os nossos jovens vendo o Flamengo treinar. Eles vão querer sair de suas casas no momento que isso não é possível. Se o Flamengo não cumprir o decreto, será penalizado como qualquer time que não cumpra", encerrou a secretaria.

Foto: Alexandre Vidal

Mais lidas da semana