Mídias Sociais

Esporte

Flamengo consulta ex-jogador da Copa do Mundo de 2014

Sérgio Barcellos

Publicado

em

 

A busca por reforços segue intensa no Flamengo. De olho no mercado, um dos consultados pelo Rubro-Negro foi o volante Ramires, hoje jogador do Jiangsu Suning, da China. Apesar do interesse, os altos valores envolvidos na transação assustaram a diretoria do clube. Presente na lista de convocados da Seleção Brasileira na Copa do Mundo de 2014, Ramires ganha hoje na casa dos R$ 2 milhões mensais no futebol chinês, valor muito acima da realidade do mercado brasileiro.

A consulta por Ramires se deu logo após a saída de Jonas para o Al-Ittihad, da Arábia Saudita. A saída deixou uma lacuna no elenco, que faz com que a posição de volante seja uma das prioridades da diretoria no mercado de transferências. Coincidência ou não, a imprensa começou a divulgar a possibilidade de Ramires deixar o futebol chinês.

Após consultar o jogador, o Flamengo acabou recuando nas tratativas. O auto salário do jogador acabou praticamente encerrando as conversas. Além de Ramires, outro jogador procurado pelo Rubro-Negro para a posição foi Walace, que estava no Hamburgo, da Alemanha. As conversas com Walace também não foram a frente. Recentemente, o jogador acertou sua transferência do Hamburgo para o Hannover, permanecendo assim no futebol alemão.

O Flamengo corre contra o tempo para fechar com reforços. Isso porque o prazo para inscrever novos atletas na Copa do Brasil se encerra no próximo dia 30 de julho. Além de Cuéllar, hoje titular absoluto da equipe comandada por Maurício Barbieri, o Rubro-Negro conta ainda com Rômulo, Ronaldo e Hugo Moura, recém-promovido do Sub-20. A idéia é trazer um jogador mais tarimbado e com experiência para fazer sombra a Cuéllar, já que as outras opções não são consideradas as idéias para o setor.

Além de volante, o ataque também vem recebendo atenção especial do Flamengo nesta janela de transferência. O nome apontado como mais provável é o do atacante Vitinho. O Rubro-Negro já teria enviado uma proposta ao CSKA, da Rússia, e estaria otimista quanto ao andamento da negociação.

 

 

Mais lidas do mês